Kerline fala de vídeo polêmico
Bruno Silva
Kerline fala de vídeo polêmico


Primeira eliminada do 'BBB 21', Kerline Cardoso contou que não ouviu o vídeo que postou de Karol Conká falando mal do programa de Rafa Kalimann antes de postar nos stories do Instagram. 


Durante participação no programa Splash Show, da UOL, a cearense disse que não teve intenção de dedurar a colega de confinamento e sequer prestou atenção no que ela estava falando. 

Você viu?

Ela disse que só queria falar aos seguidores que estava triste de não poder usar o look preferido. "Eu estava no meu mundo de Nárnia, porque às vezes eu tenho dessas de abrir os stories, botar filtro e ficar me olhando. Eu não ia poder usar o meu look predileto, ele tava atrás de mim. Não tava prestando atenção da conversa, eu tava pensando 'que pena, não vou poder usar meu look'. Não ia falar nada, só ia fazer uma carinha triste", disse. 

Só que, como o sinal de internet nos Estúdios Globo é ruim, Kerline postou o vídeo sem verificar o que foi gravado, já que não queria perder a oportunidade. Ela disse que ficou abalada ao entender a escorregada. 

"Postei sem olhar nada. Quem me avisou foi a sarah, que me mandou um print. Corri, apaguei e corri no camarim da Karol. Ela foi super empática comigo porque eu tava chorando. A galera fica imaginando mil coisas, que ela gritou comigo. De jeito nenhum, eu fiquei arrasada porque não foi a minha intenção. Isso mexeu comigo, eu fiquei super abalada", contou. 

"Juliette surgiu como heroína"

Kerline também disse que acredita que Juliette foi campeã do reality porque o Brasil precisa de heróis no momento. "O Brasil precisava de uma figura de um herói. A gente tá passando por um momento político em que não tem um governo bacana, alguém que lute pelo nosso direito à vida, tá com a economia lascada, a política lascada, educação ninguém entende o que está acontecendo. A Juliette veio pra isso, surgiu como uma heroína", disse. 

Ela também acredita que Juliette se destacou por ser "nordestina, mulher, sofrida, ajudar a mãe e se identificar com várias outras causas que o brasileiro já vive", comentou. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários