Tamanho do texto

Segundo site, cantor afirmou que Jackson era "uma pessoa perturbadora para se ter por perto" e chamou o artista de "doente mental"

O livro de memórias de Elton John ainda nem foi lançado oficialmente, mas já está causando polêmica. Desta vez, o assunto envolve ninguém menos que o Rei do Pop, Michael Jackson. De acordo com o site Radar Online , o cantor britânico disparou contra o ídolo pop.

Leia também: Elton John revela antigo método de Rod Steward para dispensar amantes

Michael Jackson arrow-options
Divulgação
Michael Jackson


Na obra, John se refere a Michael Jackson como "genuinamente doente mental, uma pessoa perturbadora para ter por perto", em seus últimos anos de vida. Michael morreu em 2009 após sofrer uma parada cardíaca.

Leia também: Maldade Real! Rainha Elizabeth II já estapeou sobrinho, diz Elton John

Na publicação, Elton John afirma que conheceu o artista ainda na adolescência, mas que foi nos últimos anos de vida dele que começou a se questionar sobre "quais medicamentos prescritos ele estava tomando". O cantor ainda disse que ele "havia perdido totalmente o controle" nos anos 2000.

Elton ainda lembrou, no livro , de um almoço nos anos 1990 em que o dono do hit Thriller apareceu com o rosto todo coberto por maquiagem e esparadrapos. "O pobre rapaz parecia horrível, muito frágil e doente", disse ele, afirmando que a maquiagem parecia ter sido feita por um maníaco.

Leia também: Elton John chama Putin de hipócrita após presidente Russo falar sobre LGBT's

E tem mais! A voz de Tiny Dancer ainda disse que Michael Jackon saiu da mesa quase ser notado e foi encontrado na casa de sua empregada brincando com o filho dela. "Por qualquer motivo, ele parecia não conseguir lidar com a companha de adultos", declarou.