Tamanho do texto

Giselle Itié se pronunciou sobre uma confusão em um salão de beleza no Leblon, no Rio, na última semana. Veja o que disse a atriz abaixo

IstoÉ

Giselle Itié se pronunciou sobre uma confusão em um salão de beleza no Leblon, no Rio, na última semana. A atriz contou que se sentiu abusada ao perceber que tinham tirado dela a liberdade de revelar que estava grávida . Itié espera seu primeiro filho, fruto do relacionamento com Guilherme Winter.

Giselle Itié arrow-options
Reprodução/Instagram
Giselle Itié

“No sábado passado resolvi cortar o cabelo. Quando cheguei era uma sala super pequena. Estava eu, o cabeleireiro e a assistente do cabeleireiro, quando chegou um diretor de TV que me dirigiu quando eu tinha vinte e poucos anos, uma pessoa que eu tenho muito carinho e admiração. E ai ele chegou e eu abracei, enfim… Eu queria tanto contar pra ele (da gravidez). Quando eu vi esse diretor conversando com o cabeleireiro eu entendi que eles eram íntimos. Eu estava cortando o cabelo porque a gente ia fazer um ensaio na segunda-feira para anunciar esse momento mágico e lindo. Eu me senti tão acolhida naquela sala, e todos tão carinhosos. E aí eu contei “Estou cortando esse cabelo porque eu sou mãe, e comecei a contar tudo””, falou a atriz.

“Depois de três horas eu vi várias pessoas me parabenizando pela gravidez. Foi um momento muito difícil. Eu esperei meses para falar, anunciar, para amigos, sabe? Me tiraram a liberdade de falar sobre a minha gravidez, sobre o meu filho, da forma que eu quero. Eu me senti abusada”, continuou.

Leia também: Gisele Itié faz barraco em salão após gravidez vazar para a imprensa

” Aí eu entrei em contato com a assistente do cabeleireiro, ela ficou totalmente chocada. O pessoal do salão entrou em contato comigo. E pago quinhentos reais em um corte de cabelo para de repente a minha gravidez, para um profissional fazer um furo sobre da gravidez e fazendo propaganda para ele. Ele falou “te devolvo esses quinhentos”, finalizou.