IstoÉ

Na madrugada desta quarta-feira (24), Britto Jr. causou polêmica com uma declaração no Twitter, se tornando um dos assuntos mais comentados da rede social. O apresentador da Record TV resolveu opinar sobre Luana Piovani, afirmando que ela “está precisando de um homem”.

Leia também: Luana Piovani curte praia sem biquíni: "Pepecas al mar"

Britto Jr. fez declarações polêmicas envolvendo Luana Piovani
Reprodução/Twitter/Instagram/@brittojr/@luapio
Britto Jr. fez declarações polêmicas envolvendo Luana Piovani


“A bela Luana Piovani que me perdoe, mas ela está precisando de um homem de verdade em sua vida. Eu sei que está cada vez mais difícil, com tantos caras virando maricas. É direito deles, mas mulheres maravilhosas acabam ficando sem parceiros, por falta de héteros no mercado”, afirmou.

Na sequência, Britto disse ser alvo de preconceito por parte dos homossexuais. “Preconceito mudou de lado. Nós, héteros, viramos minoria. Não tenho nada contra quem pensa o oposto, nada. Cada qual que faça o que quiser com seu corpo, sua vida. A questão é que o preconceito agora parte da nova maioria, ao não admitir o pensamento da nova minoria”, escreveu.

Leia também: Tchau Scooby! Luana Piovani surge agarradinha com campeão olímpico em Ibiza

As frases do apresentador acabaram repercutindo de uma forma negativa no Twitter, com vários internautas detonando o posicionamento dele. “Conseguiu ser machista e homofóbico . Parabéns, você é um merda”, escreveu uma. “Que comentário preconceituoso e triste”, disse outra.

Confira os tuítes na íntegra:

"A bela Luana Piovani que me perdoe, mas ela está precisando de um homem de verdade em sua vida. Eu sei que está cada vez mais difícil, com tantos caras virando maricas. É direito deles, mas mulheres maravilhosas acabam ficando sem parceiros, por falta de heteros no mercado."

Leia também: Companheiro de Luana Piovani em férias já competiu com Pedro Scooby na TV

"Preconceito mudou de lado. Nós, heteros, viramos minoria. Não tenho nada contra quem pensa o oposto, nada. Cada qual que faça o que quiser com seu corpo, sua vida. A questão é que o preconceito agora parte da nova maioria, ao não admitir o pensamento da nova minoria."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários