Tamanho do texto

Jornalista rebateu comentários da ex-panicat durante programa na RedeTV!

Parece que esta sexta-feira (15) começou com tudo, pelo menos no quesito internet! Tudo isso porque Nicole Bahls causou polêmica e foi acusada de homofobia após fazer um comentário em uma entrevista ao programa “Sensacional”, apresentado por Daniela Albuquerque.

Leia também: Entenda como Nicole Bahls virou alvo de setores da comunidade LGBT na internet

Após usar a expressão POC, gíria da comunidade LGBT, Nicole Bahls recebe críticas
Reprodução/ Instagram
Após usar a expressão POC, gíria da comunidade LGBT, Nicole Bahls recebe críticas


“Não acho tão legal cenas de sexo, nem de heteros e nem de homossexuais, nas novelas porque, às vezes, têm crianças assistindo, tem a família... então acho que é uma coisa que não tem que ser educada na TV. Mas acho que documentários e debates ajudam muito”, declarou Nicole Bahls .

Então, ao vivo, o Fernando Oliveira, conhecido como Fefito , rebateu a declaração polêmica da ex-panicat. “Não adianta ficar falando ‘Ai que bafo, ai que tudo’, falando com a comunidade LGBT e não aprender. E, vamos combinar, a gente tem que discutir tudo em novela, em programas de TV e também em documentário”, afirmou.

Leia também: De lingerie vermelha, Nicole Bahls mostra corpão e arranca suspiros

E não parou por aí. “Eu acho que opiniões como a da Nicole não contribuem pra discussão. Agora que a gente está, finalmente, podendo trabalhar, andar na rua de mãos dadas, beijar na boca, vem alguém, que ganha muito dinheiro com o público LGBT, pra dizer que a gente não pode aparecer em novela? É preconceito”, disparou Fefito.


A discussão continuou e a modelo publicou uma série de vídeos, em seus stories do Instagram, falando do ocorrido. “Acordei com uma bicha poc poc, que eu nem sei quem é, falando de mim. Eu não quero que meu filho, com três anos de idade, esteja vendo uma novela com cenas de sexo entre heteros, gays, lésbicas. Não acho legal cenas de sexo. Acho que tem lugares pra fazer isso, não precisa ensinar na televisão”, explicou.

“É direito de cada um ensinar o seu filho da maneira que você quer. Ninguém tem que dar exemplo disso não”, disse. E ainda mandou um recado: “Se você cruzar o meu caminho, eu vou te ensinar como é ser bicha. Me respeita que eu te respeito, assim a gente vai viver em paz.

Leia também: Lá vem a noiva! Nicole Bahls está focada na dieta para subir ao altar

Depois disso, a morena encerrou o assunto em seu Twitter. “Pra finalizar o assunto, eu disse na entrevista que não acho legal sexo em novelas, entre heteros e gays, mas passaram da forma como quiseram. E eu espero que vocês tenham entendido”, finalizou.

Já o jornalista, rebateu os vídeos. ”Ainda sobre Nicole, não vou ficar estendendo polêmica para não dar palco para conceitos equivocados. Mas fui lá ver os stories dela e parei no meio, mas só queria mandar uns recadinhos, a seguir”, começou. “Nicole começa os vídeos dizendo ‘uma bicha poc poc que não conheço’. Primeiro, nunca te dei intimidade pra usar esse tipo de tratamento”, disparou.

“E pronto. Parei de assistir aos vídeos, não sei o que mais ela falou. Mas não é chamando um LGBT de ‘bicha poc poc’ que você contribui com uma comunidade na qual você acha que está inserida. Aprende um pouco sobre a realidade dela e dos seus fãs. E CHEGA. A opção agora é insistir no erro ou não. Boa sorte, Nicole Bahls ”, encerrou.