Tamanho do texto

Segundo informações do 13º Batalhão de Polícia Militar de Lucas do Rio Verde, o cantor foi até seu carro, pegou um facão e deu três golpes na vítima

O cantor sertanejo, Léo Henrique , de 27 anos, da dupla “Léo Henrique e Leandro”, é suspeito de esfaquear um homem em uma casa de shows na madrugada do último domingo (23), em Lucas de Rio Verde, município no interior do estado de Mato Grosso.

Leia também: Sucesso! Veja dez vezes que o funk e o sertanejo lacraram juntos

Léo Henrique
Reprodução/Facebook
Léo Henrique

Segundo informações do 13º Batalhão de Polícia Militar de Lucas do Rio Verde, a 360 quilometros da capital matogrossense, o cantor sertanejo que é suspeito de esfaquear a vítima e é conhecido por fazer dupla com Leandro, foi até o seu carro, pegou um facão e golpeou a vítima com duas facadas no ombro e uma na cabeça. O episódio aconteceu na boate Dublin Pub, no Bairro Menino Deus.

Leia também:Lucas Lucco volta para o Instagram e esclarece "sumiço" após nude vazado

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o caso aconteceu supostamente após a vítima assediar a mulher do cantor e ficar provocando o músico, logo após uma apresentação do mesmo no lugar. O cantor fugiu do local após o crime.  A Polícia não passou informações sobre o atual estado da vítima.

Internautas se pronunciam sobre cantor sertanejo

Cantor sertanejo é suspeito de esfaquear homem após show em Mato Grosso
Reprodução/Facebook
Cantor sertanejo é suspeito de esfaquear homem após show em Mato Grosso

Nas redes sociais inúmeras pessoas utilizaram a pagina dos cantores no Facebook para criticar a suposta atitude do cantor.  “Fim de carreira depois de ter agredido o rapaz por ciúmes da esposa em show”, escreveu uma internauta. “Bandido, isso acontece quando se incentiva a população s fazer justiça com as próprias mãos. Coitada dessa esposa, deve passar o diabo na não desse criminoso”, disse outro.

Leia também:Antonia Fontenelle critica famosos anti-Bolsonaro e pressão na web sobre Anitta

“Não estou apoiando o que o Léo fez, mas o assediador não saía de cima da mulher dele e ainda caçou briga com o Léo. Desculpa dizer, mas esse tal de Sandro assediador tava mais pra demônio em pessoa! Tem cara que não se toca, quer passar a mão na mulherada, ficar se esfregando... Parece que fica provocando pra tomar umas boas bofetadas! Não estou incentivando a violência mas é duro de ver certos idiotas fazendo isso com a mulherada na balada e não poder fazer nada”, comentou mais um.

A boate Dublin Pub, ainda não se manifestou sobre o caso envolvendo o cantor sertanejo .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.