O caso judicial da herança de Marcos Paulo está rendendo. Antônia Fontenelle, que não foi reconhecida como herdeira , não cansa de falar sobre o assunto e no “Superpop”, da última quarta-feira (06), ela fez questão de desabafar e mostrar sua indignação com a repercussão do caso.

Leia também: "Foi preciso Marcos Paulo morrer para me conhecerem", diz Antônia Fontenelle

undefined
Reprodução/ RedeTv!
Antônia Fontenelle fala sobre o caso da herança de Marcos Paulo

Irritada com a forma que o processo está acontecendo na justiça, Antônia Fontenelle afirmou que sua briga não é pelo dinheiro, e sim por seu direito como esposa.

Leia também: Antônia Fontenelle arma barraco com seguidora por causa do marido: "Se mata"

“Não estou brigando por dinheiro. Se fui reconhecida como esposa, tenho direito, o que foi construído em sete anos não tem ser no planeta Terra que me tire o título de esposa desse homem ninguém vai me tirar", desabafou a artista.

De acordo com ela, o assunto deveria ter sido resolvido de outra forma. “Se tivessem me chamado pra uma conversa e dito: 'a gente não concorda, o que é seu aqui?'. Fingir que eu não existo, me pintar como a louca, a barraqueira não é honesto, não é justo, é feio”, falou Antônia, que afirmou estar sendo ignorada: “Se eu não existo na história, vou fazer acordo com quem? Fui ignorada como uma putinha, entendeu?".

Mais desabafos de Antônia Fontenelle

Sobre a ministra do caso, Maria Isabel Galotti, ela fez questão de criticar e afirmar perseguição. “É um esculacho de mulheres para com mulheres. Uma juíza da primeira Vara de Família da Barra da Tijuca disse 'não a reconheço como herdeira e não tem direito a nada'. O que é isso, uma mulher falar isso da outra?”, questionou a atriz.

A loira está desapontada com os últimos acontecimentos e por isso não vai se calar. “Se o resto do colegiado votar que não tenho direito, tudo bem, mas minha dignidade não vão tirar, eu não vou deixar”, declarou durante o papo com Luciana Gimenez.

Flávia Alessandra em resposta a Antônia

undefined
Reprodução Instagram
Flávia Alessandra responde críticas de Antônia Fontenelle

Recentemente, Fontenelle afirmou estar sendo perseguida não só pela juíza, mas também pelas filhas do diretor. Logo, a atriz Flávia Alessandra , que é mãe de Giulia Martins, filha de Marcos, escreveu uma carta rebatendo a afirmação da artista.

“Nos últimos relatos públicos da sra. Antônia, ela diz que é ‘atacada e perseguida por mulheres’. Mas é importante dizer que é ela sim quem ataca (desde o falecimento do sr. Marcos Paulo) as filhas e a minha figura em especial, para tentar buscar estar em cena, vitimando-se e me colocando como grande inimiga dela, que nunca fui. Numa outra clara e covarde tentativa de colocar a opinião pública contra minha figura”, relatou a Flávia em um dos trechos da carta.

Leia também: Flávia Alessandra responde acusações de “perseguição” de Antônia Fontenelle

No palco do “Superpop”, Antônia Fontenelle não se calou sobre Flávia Alessandra e filhas de Marcos Paulo: “A pedância, a petulância é tão grande que se referem a uma vida como se o Marcos Paulo nunca tivesse me conhecido. Ele deixou cada um com seu cada um, não deixou ninguém desprotegido”, desabafou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários