Tamanho do texto

A socialite foi condenada por comentário racista sobre Ludmilla. Entretanto, Val tentou se justificar alegando direito à liberdade de expressão; confira

A socialite Val Marchiori foi condenada pela 3ª Vara Cível do Fórum Regional da Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio, e deverá indenizar a funkeira Ludmilla em R$ 10 mil.

Leia também: Val Marchiori e ex-BBB Ana Paula não param de se alfinetar nas redes sociais

Val Marchiori deverá indenizar a funkeira Ludmilla em R$ 10 mil
Reprodução/ Instagram
Val Marchiori deverá indenizar a funkeira Ludmilla em R$ 10 mil

No carnaval de 2016, enquanto Ludmilla desfilava na Sapucaí pela Salgueiro, Val, que estava fazendo a cobertura do evento pela Rede Tv!, não temeu em fazer um comentário, que foi considerado racista com referencias à cantora.

Leia também: Ludmilla pede a Val Marchiori indenização de R$ 300 mil por comentário racista

“A fantasia está bonita, a maquiagem... agora, o cabelo... Hello! Esse cabelo dela está parecendo um bombril gente!”, disse a socialite.

A juíza Mariana Moreira Tangari Baptista destacou a sentença afirmando que não há controvérsia sobre o fato, mas apenas quanto ao conteúdo ofensivo e racista do comentário feito por Marchiori na época.

“O vídeo do programa está disponível na internet e nele está muito claro que a primeira ré insiste em comparar o cabelo da autora a um bombril, ainda que os apresentadores do programa tenham tentado impedir que ela continuasse a ofender a autora, afirmando que se tratava de um aplique e não do cabelo da cantora”, escreveu a magistrada.

Val Marchiori em explicação do caso

Val Marchiori
Reprodução/ Instagram
Val Marchiori

No entanto, Val Marchiori ainda pode recorrer à sentença. De acordo com ela, sua intenção não foi criticar o cabelo de Ludmilla, mas sim a peruca que a cantora estava usando para compor o look do Carnaval. A socialite ainda aproveitou para ressaltar sua explicação citando o direito à liberdade de expressão.

Segundo a sentença, o direito à liberdade de expressão deve ser exercido junto à responsabilidade, assim, com respeito aos outros direitos constitucionalmente tutelados, notadamente o da dignidade da pessoa humana.

Leia também: Que tiro foi Esse! Jojo Todynho rebate Val Marchiori:"Tá pagando minhas contas?"

Para a juíza do caso, o comentário não foi informativo, e sim um ato racista contra Ludmilla : “O comentário feito por ela (Val Marchiori) não teve nenhum conteúdo jornalístico, informativo e útil para os telespectadores. Na verdade, foi um comentário depreciativo e racista, apto a causar dano moral à autora”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.