Tamanho do texto

James Caan, ator americano conhecido pelo clássico "O Poderoso Chefão", falou sobre a acusação de assédio sexual envolvendo Morgan Freeman

James Caan, ator americano de 78 anos conhecido por seus papéis em "Eldorado" (1966) e "O Poderoso Chefão" (1972) falou publicamente sobre a acusação de abuso sexual contra o ator Morgan Freeman. Segundo a emissora CNN , o ator de 80 anos foi acusado de assédio sexual e conduta inapropriada na última quinta-feira (24) por 8 mulheres. 

Leia também: Ator Morgan Freeman é acusado por 8 mulheres de abuso sexual

James Caan fala sobre a acusação de assédio sexual envolvendo Morgan Freeman
Reprodução/AdoroCinema
James Caan fala sobre a acusação de assédio sexual envolvendo Morgan Freeman


Saindo de West Hollywood na noite de ontem, um repórter da  TMZ perguntou para James Caan sobre o caso envolvendo Morgan Freeman, dizendo que "a sociedade está em um lugar estranho, porque é natural que homens e mulheres se sintam atraídos um pelo outro". 

O veterano ator diz que está posto um desafio para a sociedade pois parece não haver mais tolerância a uma manifestação natural de interesse do sexo masculino pelo sexo feminino. "Deus fez homens e mulheres para que eles pudessem paquerar uns aos outros".

Acusação de assédio

No total, 16 mulheres denunciaram Freeman por comportamento inapropriado, porém, cerca de oito delas revelaram ter sofrido assédio sexual. Além disso, todas elas afirmaram que o ator fazia as mulheres se sentirem desconfortáveis no ambiente de trabalho, com comentários inapropriados e em público.

Ainda de acordo com a CNN , o ator teria tentado levantar a saia de uma jovem assistente da produção do filme "Going In Style", estrelado por ele e lançado em 2017. Outra mulher da produção do filme "Truque de Mestre", de 2013, também acusou o ator de ter assediado ela e sua assistente, tendo diversas vezes fazendo comentários sexistas: "Ele fez comentários sobre os nossos corpos. Nós sabíamos que se ele viesse (ao estúdio), não poderíamos usar nenhum top que mostrasse nossos seios", disse a mulher.

Leia também: Harvey Weinstein é preso em Nova York sob acusação de estupro

Pedido de desculpas 

Após as acusações de assédio, Morgan Freeman pediu desculpa às mulheres que o acusaram: “Qualquer um que me conhece ou já trabalhou comigo sabe que eu não sou uma pessoa que iria ofender alguém intencionalmente, ou de alguma forma fazer alguém se sentir desconfortável. Eu peço desculpas a qualquer um que tenha se sentido desconfortável ou desrespeitado – essa nunca foi a minha intenção”, dizia o comunicado obtido pela  Variety .

Morgan Freeman, em
Reprodução
Morgan Freeman, em "Menina de Ouro", está envolvido em acusações de assédio sexual


Leia também: Hollywood em chamas: as atrizes que revelaram a violência nos bastidores

Além de James Caan , por enquanto nenhuma outra celebridade comentou publicamente sobre o caso envolvendo Morgan Freeman. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.