Tamanho do texto

Produtor americano acusado de assédio por mais de 80 mulheres se entregou à polícia de Nova York na manhã desta sexta-feira (25)

O produtor de cinema americano Harvey Weinstein se entregou à políca de Nova York na manhã desta sexta-feira (25). De acordo com o jornal The New York Times , ele é acusado de estupro por uma mulher, e de forçar sexo oral em outra.

Harvey Weinstein se entregou a polícia de Nova York na manhã desta sexta-feira (25). Ele é acusado de estupro
Reprodução
Harvey Weinstein se entregou a polícia de Nova York na manhã desta sexta-feira (25). Ele é acusado de estupro

Depois de uma pequena investigação há três anos por tocar inapropriadamente uma mulher, essa é a primeira vez que Harvey Weinstein é investigado por estupro. Ainda de acordo com o jornal, ele será julgado por estupro , estupro de terceiro grau e crime sexual .

Leia também: Depois de acusações de assédio, Harvey Weinstein é expulso da Academia do Oscar

Uma das vítimas, relacionada ao caso de crime sexual é a atriz Lucia Evans, que foi a público no ano passado, contando como o produtor a forçou a fazer sexo oral nele durante uma reunião para tratar de trabalho. A outra vítima não teve sua identificação divulgada.

Apesar de se entregar, o produtor já tem um acordo de fiança, onde deverá pagar US$ 1 milhão, além de usar um monitor, e ter suas viagens monitoradas e passaporte suspenso. Sua defesa nega que ele já tenha feito sexo “sem consentimento” com qualquer uma das vítimas.

Leia também: Hollywood em chamas: as atrizes que revelaram a violência nos bastidores

O caso Weisntein

Weinstein foi acusado de assédio por mais de 80 mulheres
AFP PHOTO / ANGELA WEISS
Weinstein foi acusado de assédio por mais de 80 mulheres

O Nome de Harvey Weinstein foi muito comentado em 2017, mas não pelos filmes que produziu, e sim pelas acusações de assédio que sofreu. Em uma série de reportagens da revista New Yorker e do New York Times , diversas mulheres o denunciaram por assédio e estupro, ao longo de mais de 40 anos.

Seguido desses relatos, outras mulheres denunciaram situações similares, somando mais de 80 casos de comportamento inapropriado, desde ficar nu na frente dessas mulheres, até o estupro propriamente dito. Entre as mulheres que o acusaram estão Salma Heyk, Asia Argento e Lupita Nyong’o.

Leia também: Denúncias de assédio sexual em Hollywood que já foram esquecidas

Consequência

As acusações a Harvey Weisntein abriram a porta para outras mulheres relatarem os mais diversos abusos sofridos em Hollywood, dando início ao movimento “Me Too”, que visa fornecer segurança e apoio jurídico para as pessoas denunciarem esses abusos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.