Tamanho do texto

Allison Mack foi presa após denúncia de que estava envolvida em um culto que recrutava mulheres para servir como escravas sexuais nos EUA

A atriz Allison Mack , conhecida por seu papel na série “Smallville” foi solta da prisão na noite de terça-feira (24), depois de pagar uma fiança estabelecida em US$ 5 milhões. Ela foi presa na última sexta-feira sob acusação de tráfico sexual , conspiração de tráfico sexual e conspiração de trabalho forçado

Allison Mack foi solta da prisão depois de pagar fiança. Ela havia sido presa sob acusação de tráfico sexual
Divulgação
Allison Mack foi solta da prisão depois de pagar fiança. Ela havia sido presa sob acusação de tráfico sexual

Depois de fazer sucesso em “ Smallville ”, Mack não emendou muitos papeis e acabou se afastando dos holofotes. Nos últimos meses, rumores de seu envolvimento em um culto cresceram, até que ela foi parar na mira de uma investigação policial.

De acordo com a investigação, Mack faz parte de uma seita que tem como líder Keith Raniere. Como uma das “mestras” do programa, Allison é uma das responsáveis por aliciar jovens atrizes, com a justificativa do programa servir como auto-ajuda. Mas, de acordo com relatos de mulheres que participaram da seita, elas eram presas e serviam como escravas sexuais.

Leia também: Allison Mack, a Chloe de “SmallVille”, é presa por tráfico sexual

Recrutamento em  Hollywood

Depois das acusações, uma investigação mais profunda nas redes sociais de Mack mostrou que ela tentou recrutar a atriz Emma Watson para a seita em 2016. Em uma série de tuítes, ela diz que está envolvida em um “incrível movimento de mulheres” que acreditava que Watson ia gostar. A interprete de Hermione nunca chegou a responder as mensagens publicamente.

Leia também: Ostracismo, prisão e drogas: 15 astros teen que estão na pior

Parceiras além de “Smallville”

Allison Mack e Kristin Kreuk atuando juntas em
Divulgação IMDB
Allison Mack e Kristin Kreuk atuando juntas em "Smallville". Kristin também foi acusada de envolvimento com a seita

Mack não é a única atriz de “ Smallville ” a ser acusada de envolvimento com o tráfico de mulheres . Sua companheira da série, Kristin Kreuk, a Lana Lane, também chegou a ter seu nome envolvido com as ações de Mack. Em um comunicado no final de março, a atriz afirmou ter participado do programa, chamado “The Source”, que existe sob a justificativa de ser uma iniciativa de auto-ajuda e supostamente empoderamento feminino, mas negou qualquer envolvimento com o tráfico de mulheres.