Tamanho do texto

Preso desde o dia 6 de fevereiro, o ator deve ser liberado em virtude do vencimento do prazo de detenção provisória. Mas ele pode voltar a ser detido se não cumprir termos do acordo. Entenda situação de Dolabella

Dado Dolabella, que está preso desde fevereiro, deve deixar a prisão em São Paulo na próxima sexta-feira (6), assim que completar 60 dias de prisão . O ator está detido no  33º Distrito Policial de Pirituba, zona oeste de São Paulo por determinação da 1ª Vara da Família, da Barra da Tijuca, do Rio de Janeiro por dever aproximadamente R$ 196 mil de pensão ao filho. Se ele não quitar a dívida ou entrar em novo acordo para o pagamento da pensão de seu filho, ele pode ter seu patrimônio penhorado e voltar a ser preso.

Leia também: Dado Dolabella, genro de Silvio Santos e os famosos presos por calote na pensão

Dado Dolabella  foi preso no dia 6 de fevereiro por dever aproximadamente R$ 196 mil de pensão ao filho
Reprodução/Globonews
Dado Dolabella foi preso no dia 6 de fevereiro por dever aproximadamente R$ 196 mil de pensão ao filho


Em março, Dado Dolabella sofreu um novo revés da Justiça. O jornalista Leo Dias, colunista de O Dia, apurou junto à Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro que existe um novo mandado de prisão, expedido pelo 3º Juizado de Violência Doméstica de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, contra o ator.  A nova determinação da Justiça não restringe sua liberdade e o ator será solto assim que o primeiro mandado vencer.

De acordo com um companheiro de cela, Dado está em uma carceragem exclusiva de homens que não pagaram pensão. Ele divide o espaço com mais 41 detidos, tem comportamento tranquilo, não tem regalias e assumiu a função de ser uma espécie de porta-voz entre os presos, carcereiro e advogados.

Novo mandado de prisão contra Dado Dolabella

Nova mandado de prisão foi expedido contra Dado Dolabella
Reprodução
Nova mandado de prisão foi expedido contra Dado Dolabella

O novo mandado contra Dolabella é por conta do não cumprimento de normas de processo movido pela ex-mulher dele Viviane Sarahyba, por dano e injúria. Em 2014, Dado foi condenado a dois meses e meio de prisão por ter ofendido a ex e riscado o carro dela.

Leia também: Dado Dolabella é preso por não pagar pensão alimentícia: "Queria poder dar mais"

De acordo com o jornalista, a magistrada decidiu pela prisão depois de Dado descumprir regras da condenação, proposta pelo Ministério Público. O órgão sugeriu a suspensão da pena se Dado assistisse a algumas palestras sobre violência doméstica e fizesse serviços comunitários. O ator não compareceu às paletras e não prestous serviços comunitários. Além disso, ele se ausentou de sua residência no Rio sem avisar à Justiça e foi preso novamente.

Leia também: Dado Dolabella é condenado à prisão por conta de pensão alimentícia

 A central de capturas de São Paulo e o 33º Distrito Policial de Pirituba, onde ele está preso, já foram comunicadas da decisão. A defesa de Dado Dolabella   já pediu reconsideração da prisão, que foi negada. Os advogados do ator entraram com outra petição cujo teor não foi divulgado por ainda não ter sido anexado ao processo.