Tamanho do texto

O ator de "Gossip Girl" é acusado de escravizar sexualmente uma mulher por dois dias, essa não é a primeira vez que ele é acusado de violência sexual

O ator Ed Westwick, de 30 anos, famoso por interpretar o personagem Chuck na série " Gossip Girl" , está sendo acusado de manter uma mulher como escrava sexual durante dois dias em sua casa em Los Angeles, nos Estados Unidos. As informações são do site  TMZ .

Leia também:Após acusações de estupro, Ed Westwick é substituído em série

Ed Westwick está sendo acusado de manter uma mulher como escrava sexual durante dois dias
Divulgação
Ed Westwick está sendo acusado de manter uma mulher como escrava sexual durante dois dias

A acusação trata-se da estilista Haley Camille Freedman , que diz ter ficado cerca de 48 horas como uma "escrava sexual" de Ed Westwick . Haley afirma que o caso aconteceu em 2014, quando ela foi até a casa do ator com um grupo de amigos.

Leia também:Ed Westwick, ator de Gossip Girl, é acusado de estupro por atriz

O caso teria acontecido após todos irem embora e Haley ficar sozinha com ele. Assim, a moça afirma que os dois teriam começado a fazer sexo e que a relação ficou estranha depois de um tempo, quando o ator pediu para que ela o enforcasse, espancasse, e cuspisse nele. Diante da situação, a estilista conta que negou os pedidos. Westwick, por sua vez, agiu da forma pedida em cima dela e após o sexo, ela dormiu e passou o restante da noite na casa dele.

Ainda de acordo com a vítima, no dia seguinte quando ela tomava banho, o ator entrou no banheiro e tentou fazer sexo novamente sem o seu consentimento. Segundo o TMZ , no local não havia sinal de celular e Haley ficou tão assustada que sofreu contusões, sangramentos e acabou permanecendo por dois dias confinada na casa do ator.

Leia também: Ed Westwick recebe nova acusação de estupro de atriz

Processo na Justiça

De acordo com a publicação, a estilista ainda não entrou com um processo na Justiça contra o ator e, atualmente, estaria processando antigos chefes, que teriam a demitido por tentar divulgar o caso polêmico envolvendo o astro de Hollywood . Além disso, o próprio Westwick teria ameaçado processá-la, afirmando ter provas de que Haley estaria mentindo.

Fontes próximas ao Ed Westwick  que conversaram com o site também afirmam que a suposta vítima está mentindo, delirando e tentando aparecer na mídia. No entanto, Haley diz que a equipe do ator já a desmoralizou na mídia e que ela acabou sendo vista como uma "instável, perturbada, invejosa e promíscua".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.