Tamanho do texto

O cantor foi acusado de ter agredido a esposa no final do ano passado; na canção Decifrar, Naldo Benny diz que vacilou e pede perdão à mulher

Naldo, acusado recentemente de ter agredido a esposa, Moranguinho , e preso por porte ilegal de armas na mesma época, lançou uma música em que perde perdão para a mulher. Em Decifrar , o cantor diz que "sei que vacilei" e que a histórias deles não deve acabar dessa forma.

Leia também:  Dado Dolabella é preso por não pagar pensão alimentícia: "Queria poder dar mais"

Naldo lança música  pedindo perdão para Moranguinho
Divulgação
Naldo lança música pedindo perdão para Moranguinho


O cantor seu Twitter para avisar que a música vazou. "Vazou, mas tudo bem”, escreveu Naldo , que, na canção, faz declarações de amor e de saudade e ainda pede uma reconciliação.

Leia também: Conselho diz que Globo "presta desserviço" com caso de abuso em novela

Leia um trecho da música

“Como eu queria um dia ter o seu perdão
Sei que vacilei, hoje não erro mais não
Porque sei a dor que o teu silêncio provoca
Como eu quero, espero, o teu beijo de volta
Olha só como estou
Nossa história não deve, não pode terminar assim
Meu amor, por favor, é você que eu amo e que me faz viver feliz”.

Leia também: Preso sob acusação de agredir a esposa, cantor Naldo é solto após fiança

Entenda

No final do ano passado, Naldo foi preso no Rio de Janeiro após ser pego em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. O cantor foi encaminhado para a delegacia, mas pagou fiança.

A prisão foi feita após a denúncia de agressão de sua esposa, Ellen Pereira Cardoso, a Mulher Moranguinho. De acordo com o depoimento de Ellen a delegada do Deam (Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher), Naldo a agrediu em um incidente que já havia acontecido anteriormente. Depois disso, a polícia cumpriu mandato e, ao chegar na casa do cantor, encontrou uma pistola e quatro munições.

Casamento

Em seu depoimento, a Mulher Moranguinho afirmou que sofre agressões constantes do marido e só agora decidiu denunciá-lo. De acordo com Ellen, desde o começo da relação a violência é presente. O casal está junto desde 2013, quando celebraram a união em uma cerimônia para 500 pessoas no Rio de Janeiro. Em 2015 nasceu a filha do casal, Maria Victória.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas