Tamanho do texto

Diversos cartazes foram espalhados por Los Angeles com uma foto da atriz ao lado do produtor com os dizeres "ela sabia" sob seus olhos. Confira

O clima em Hollywood não para de esquentar. Nesta semana, diversos cartazes foram espalhados por Los Angeles com uma foto de Meryl Streep ao lado do produtor Harvey Weinstein com os dizeres “Ela Sabia”, em cima dos olhos da atriz. Segundo o Telegraph , os cartazes apareceram próximo a casa de Streep na cidade de Pasadena, próximo ao SAG-AFTRA, maior sindicado de atores dos Estados Unidos e também dos estúdios da Fox, que produziu o drama “The Post: A Guerra Secreta”, estrelada pela atriz e indicado ao Globo de Ouro.  As imagens foram fotografadas e publicadas em diversas redes sociais.

Meryl Streep é alvo de intervenção urbana em Los Angeles
Reprodução
Meryl Streep é alvo de intervenção urbana em Los Angeles

Leia também: Rose McGowan dispara para Meryl Streep: "Seu silêncio é o problema"

A polêmica veio logo após a Meryl Streep publicar um texto no Huffington Post negando as acusações de que ela sabia sobre os crimes cometidos pelo produtor, com quem trabalhou diversos filmes com ele, como “Álbum de Família (2013)” e “A Dama de Ferro” (2011), que lhe rendeu uma estatueta de Melhor Atriz no Oscar. A intervenção não tem autoria reivindicada por nenhuma ativista ou artista, mas surge no momento em que a estrela da série “Charmed”, Rose McGowan, acusa a atriz de saber sobre os casos assédio e abuso sexual de Weinstein.

Leia também: Harvey Weinstein nega as acusações de Salma Hayek: "São imprecisas"

McGowan utilizou suas redes sociais no último sábado (16) para criticar o protesto no Globo de Ouro que diversas celebridades de Hollywood estariam promovendo: a de aparecer vestidas de preto contra o assédio durante a premiação do Globo de Ouro. “Seu silêncio é o problema”, escreveu McGowan em referência a Meryl Streep. Em resposta, Streep publicou uma nota no The Huffington Post  afirmando que “não sabia dos crimes de Weinstein, não sabia nos anos 90 quando ela [McGowan] foi atacada, nem nas décadas seguintes, quanto ele continuou os ataques”, escreveu. “O meu silêncio não era deliberado. Eu não sabia. Eu não aprovo estupro. Eu não sabia. Eu não gosto de jovens mulheres sendo abusadas. Eu não sabia que isso estava acontecendo”, reafirmou.

Leia também: Hollywood em chamas: as atrizes que revelaram a violência nos bastidores

A polêmica

Em outubro de 2017 o produtor Harvey Weinstein foi acusado de ter assediado e abusado sexualmente de mais de 30 mulheres em Hollywood em uma matéria publicada pelo The New Yorker . Diversas atrizes, incluindo Meryl Streep, se posicionaram tomando medidas como a expulsão do produtor da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que anualmente realiza a premiação do Oscar. Além disso, diversos debates sobre o assédio sexual na indústria do entretenimento reascenderam expondo os bastidores de Hollywood.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.