Tamanho do texto

Na última quinta-feira (20), a delegada titular da Deam falou com exclusividade ao iG que Emilly confirmou as agressões dentro do "BBB 17"

Na quinta-feira (20), a delegada titular da Deam (Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher) Jacarepaguá, Viviane Costa, confirmou ao iG com exclusividade, que Emilly Araújo , vencedora do "BBB 17", disse em depoimento que foi agredida por  Marcos Harter durante o programa, que acabou gerando grande repercussão.

Marcos Harter é denunciado pelo Ministério Público por agressão a Emilly
Reprodução/Globo
Marcos Harter é denunciado pelo Ministério Público por agressão a Emilly


Na tarde desta terça-feira (25), o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) confirmou que ofereceu, na segunda-feira (24), uma denúncia contra Marcos Harter por dois delitos de lesão corporal contra a vencedora do reality show.

Segundo a denúncia, na festa Retrô, que marcou a última do "BBB 17", o médico agrediu a namorada com fortes beliscões,  que causaram um hematoma no braço esquerdo da vítima, por motivo fútil, que seria ciúmes. Marcos também ofendeu novamente a integridade corporal da estudante, com apertão do antebraço direito, que causou um novo hematoma. As lesões, segundo o Ministério Público, constam em Laudo de Corpo Delito.

Leia também:  Violência doméstica explica diferença entre os casos Marcos Harter e José Mayer

Marcos encurralou Emilly e colocou o dedo na cara dela durante discussão no
Reprodução/Globo
Marcos encurralou Emilly e colocou o dedo na cara dela durante discussão no "BBB 17"


Para o  promotor de Justiça Gianfilippo Pianezzola, os crimes foram praticados dentro de uma relação íntima de afeto, já que Emilly Araújo e Marcos Harter namoravam na casa. De acordo com ele, as agressões físicas e psicológicas suportadas pelas vítimas, causadoras de dano físico e emocional, consistem forma de violência doméstica e familiar.

Entenda

No dia 8 de abril um sábado, aconteceu a última festa do "BBB 17" e já na madrugada do outro dia, no domingo, uma briga feia entre Marcos Harter e Emilly chamou a atenção do público. O cirurgião acabou encuralando a estudante em um canto da casa e colocou o dedo na cara dela enquanto gritava.

Leia também: Marcos Harter publica carta aberta à Emilly: "Você estava armando contra mim"

Após chamar os dois participantes separadamente algumas vezes no confessionário, a produção do reality tomou a decisão de eliminar Marcos Harter. Tiago Leifert, apresentador do "Big Brother Brasil", iniciou o programa falando da expulsão do gaúcho. "Analisamos o caso profundamente e decidimos, baseado na opinião da delegada titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher, que ficou constatada uma agressão. No BBB, agressão gera expulsão e, por isso, Marcos está eliminado do programa", disse.

    Leia tudo sobre: BBB
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.