Tamanho do texto

Caio Castro gerou polêmica ao chamar Antônia Fontenelle de machista. Será que o rapaz segue seu próprio exemplo?

Caio Castro com certeza se envolve em muitas polêmicas. O IG inclusive já mostrou as maiores dele aqui . O debate acalorado com Antônia Fontenelle é só o mais recente desses momentos. Ele esteve no programa que a loira tem no Youtube, o “Na Lata” e conversou sobre diversos assuntos. Mas, o que tem chamado atenção na internet é o debate entre os dois sobre mulheres bêbadas na balada.

Caio Castro criticou machismo de Antônia Fontenelle. Ele é feminista mesmo?
Divulgação
Caio Castro criticou machismo de Antônia Fontenelle. Ele é feminista mesmo?

Ao questionar se o ator ficaria com uma moça altamente alcoolizada, Antônia comentou que acha esse tipo de atitude horrível. Caio Castro rebateu, chamando-a de machista. Os dois continuam a discussão e a apresentadora chega a dizer que “detesta piranha que não se respeita”.

Leia mais: Antônia Fontenelle: "Me chamaram de louca quando comecei a namorar o Jonathan"

O argumento de Caio, dizendo que esse tipo de atitude deve ser igualmente repreendida em homens e mulheres, e que as pessoas devem ser livres para agir como querem fez com que Caio ganhasse muitos aplausos. Na internet, algumas pessoas ficaram admiradas com ele: “pisa menos Caio Castro”, comentou uma seguidora no Twitter. Enquanto outros não ficaram tão impressionados assim: “o Caio Castro não falou nada demais gente”, comentou outra.

Polêmica

Caio está constantemente envolvido em polêmicas , desde agressões a fotógrafos a declarações contraditórias. O ator, que em 2016 lançou o livro “É por aqui que vai para lá – Viagens por um ano sabático”, foi muito criticado pois na época do lançamento comentou que não é muito fã de leitura. Ele já havia dado a declaração anteriormente em uma entrevista a Marília Gabriela , o que causou revolta para muitas pessoas.

A atriz Ingrid Guimarães foi uma das críticas, dizendo: “me espanta ver como alguns jovens atores se distanciam cada vez mais da essência da profissão e fazem dela um grande negócio. (...) São eles que vão provar que nesta profissão é melhor abrir casas noturnas e restaurantes do que perder um fim de semana de sol num teatro”.

Miguel Falabella também comentou o ocorrido, mas de maneira mais direta: “esse tipo de gente não interessa e ponto. Você só erra quando o chama de ator, querida. Não é ator. É desinibido”, escreveu.

Feminista?

O debate com Antônia fez com que muitos chamassem Caio Castro de feminista. Mas será que o ator é digno da alcunha? Faça o teste e descubra se Caio é feminista ou machista .

Leia também: “Travessia”, com Caio Castro, evita obviedades ao tratar de dores emocionais