Tamanho do texto

A musa ainda revelou que, apesar de achar que um lado de Trump é repugnante, o acha atraente e sonha em conhece-lo pessoalmente

Érika Canela, a Miss Bumbum 2016, teve um ato de coragem e, como símbolo de protesto, tatuou o recém-eleito presidente americano, o magnata e empresário Donald Trump. A morena dominou a internet e conversou com o jornal inglês The Sun sobre a atitude que deixou as pessoas, no mínimo, confusas sobre o fato. De acordo com a publicação estrangeira, Érika fez isso como protesto contra as investidas do presidente contra mulheres, latinos e imigrantes. “É um pedido de paz”, afirmou a musa ao jornal.

Leia mais:  Com o melhor shape da sua vida, Fabi Frota estrela ensaio sensual exclusivo

Érika Canela, a Miss Bumbum, tatuou o presidente americano Donald Trump como protesto em noma da paz
Divulgação/J. Domingos
Érika Canela, a Miss Bumbum, tatuou o presidente americano Donald Trump como protesto em noma da paz


Protesto pacífico

A Miss Bumbum deu uma entrevista ao The Sun explicando o porquê da tatuagem que, para ela, é uma forma de protestar. “Talvez se o Trump souber que eu, mulher negra e latina, tenho seu rosto tatuado do meu corpo, ele possa pensar duas vezes sobre a forma como nos enxerga e mostre mais afeto”, disse Érika Canela . Ela também confessou que acha o novo presidente americano atraente e tem uma “queda” por ele e que acha seu olhar encantador. “Um lado dele é repugnante para mim”, revelou ela, “mas seu outro lado é extremamente atraente”, completou.

Leia mais:  Veja quem são as 15 finalistas do Miss Bumbum 2016

Miss bumbum tatua Donald Trump nas costas
Divulgação/J. Domingos
Miss bumbum tatua Donald Trump nas costas

A musa disse que fica preocupada com os discursos agressivos e preconceituosos de Donald Trump e, mesmo nunca tendo visitado os Estados Unidos , sabe que muitos brasileiros que vivem lá tem medo das possíveis atitudes do republicano. Ela disse que sonha em poder voar para lá a convite do presidente e mostrar pessoalmente a arte com o rosto seu rosto nas costas. Apesar de ser conhecida pelo seu bumbum avantajado, Érika Canela afirmou não teria feito a tatuagem lá, que isso seria “ir longe demais” com a ideia de seu protesto.

Leia mais:  Musas do Miss Bumbum reproduzem quadro da Santa Ceia e geram polêmica na web

A Miss Bumbum disse que espera que Donald Trump atenda suas expectativas de ser uma pessoa melhor e não se torne um “tirano” no poder americano. Ela disse ao The Sun que sua mãe ficou em estado de choque com a notícia da tatuagem , mas ainda não teve coragem de revelar para seu pai – ela, inclusive, justificou que, caso Trump a desaponte, já tem um plano para encobrir a tatuagem: Érika disse, como o empresário e seu pai são muito parecido, falará que foi uma homenagem a ele, não ao presidente.

    Leia tudo sobre: Donald Trump