Carnaval 2022: Grande Rio é a campeã no Rio de Janeiro

Escola de Duque de Caxias ganha título pela primeira vez no Grupo Especial

Grande Rio é a campeã do Carnaval 2022. 
Foto: Gustavo Domingues/Divulgação
Grande Rio é a campeã do Carnaval 2022. 


A escola de samba Acadêmicos do Grande Rio venceu a disputa do carnaval do Rio de Janeiro pela primeira vez. As notas foram reveladas durante a apuração das escolas de samba do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (26), na Sapucaí. O enredo criticou a intolerância religiosa, através de uma homenagem a Exu, divindade das religiões de matriz africana.

Entre no canal  do iG Gente  no Telegram e fique por dentro das principais notícias dos famosos e da TV

A Grande Rio ficou em primeiro lugar, seguida de Beija-Flor (2º lugar), Viradouro (3º lugar), Vila Isabel (4º lugar) e Portela (5º lugar). Com enredo coeso e bateria afinada, a escola de samba empolgou a Marques de Sapucaí no sábado (23). As agremiações atravessam a Sapucaí mais uma vez no Desfile das Campeãs, no próximo sábado (30).

Com votos muito diversificados, A Grande Rio perdeu apenas três décimos no quesito Samba-enredo. Em todos os outros quesitos, a escola gabaritou.  


O desfile

Durante o desfile na Sapucaí, a escola desmistificou o orixá Exu, que nas religiões de matriz africana representa o mensageiro entre o mundo dos humanos e o espiritual. As fantasias e várias alegorias eram feitas de material reciclável, discutindo também a importância da sustentabilidade. 

Foto: Cléber Mendes / Agência O Dia
Melhores momentos da campeã


No início do desfile, o homenageado da noite, Exu, saia da comissão de frente e subia em uma alegoria que simbolizava o topo do mundo. De cima do globo terrestre, a divindade triunfou na Sapucaí. A bateria da Grande Rio deu um show à parte com as “paradinhas” que sempre impressionam o público.

À frente da bateria, a rainha carismática Paolla Oliveira que desfilou simbolizando uma Pombagira, e ainda protagonizou momentos de muito samba no pé com o namorado, o portelense Diogo Nogueira, que topou desfilar na escola de Duque de Caxias, só para apoiar a amada.

A sustentabilidade também foi um tema importante para escola e para a comunidade. Muitas alegorias foram construídas com material reciclável. Escola citou em uma das alegorias, o “lixão de Caxias” o local, chamado de Favela do Lixão, é uma comunidade. Em 2021, 58 famílias foram despejados do local. O motivo seria o risco de enchentes.  


Essa é a primeira vez que a Grande Rio ganha o primeiro lugar no Grupo Especial. A última vez que a agremiação foi campeã, foi em 1992, quando ainda estava no Grupo de Acesso, atual Série Ouro. Os maiores títulos da escola foram como vice-campeã nos carnavais de 2006, 2007, 2010 e 2020.