Unidos da Tijuca irá desfilar na madrugada desde domingo (24)
Reprodução/Unidos da Tijuca
Unidos da Tijuca irá desfilar na madrugada desde domingo (24)

Horas antes do desfile deste sábado, Casagrande, mestre de bateria da Unidos da Tijuca, gravou um vídeo em que mistura orientações para seus ritmistas e um desabafo sobre o ano que vive a escola. Nas imagens que circulam nas redes sociais, Casagrande ressalta que para este carnaval o trabalho foi feito sem dinheiro e "no amor".

"Esse foi um ano muito difícil para nós. Muito ensaio, não teve dinheiro para nada. Sei que todo mundo trabalhou no amor, no coração. Mas a gente gosta da escola e do que a gente faz. Estou muito emocionado aqui. Gratidão e gratidão", disse em meio a orientações para as "bossas" que a pura cadência levará para a Sapucaí.



A Unidos da Tijuca leva para o carnaval o enredo “Waranã – A reexistência vermelha”, que falará sobre ciclos, descendências e resistência. Desenvolvido pelo carnavalesco Jack Vasconcelos, conhecido por abordar temáticas políticas na Sapucaí, o Pavão vai mostrar a importância da luta dos povos indígenas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários