Fábio Porchat critica Bolsonaro
Reprodução/Instagram
Fábio Porchat critica Bolsonaro


Fábio Porchat postou um vídeo nesta quinta-feira (28) criticando a  postura de Jair Bolsonaro frente à pandemia da Covid-19 no Brasil. O humorista começa dizendo que muitos dizem que é exagero chamar o presidente de genocida pois "já estamos acostumados com ele falando merd*".

"A gente vai meio que descredibilizando e tirando o peso das maluquices, da violência, da agressividade dele", disse Porchat, que usou Fernando Henrique Cardoso e Lula para exemplificar o que estava querendo dizer.

Você viu?

"Pensa assim, o Fernando Henrique Cardoso, no auge da AIDS, 'esse negócio de vírus é bobagem. Camisinha? Eu mesmo não uso! (...) O bom é tomar omeprazol antes de transar!'", disse Porchat, remetendo a uma frase hipotética,  referindo-se ao vermífugo que muitas vezes é prescrito para prevenir a Covid-19. Porchat também citou se Lula menosprezasse a dengue. 

"Imagina agora, em 2050, teve pandemia no mundo e o presidente não usava máscara, fala que máscara é ruim, não fala de distanciamento social, aglomera, pega Covid-19, fala que não é nada, fala para tomar um remédio que ninguém toma no mundo inteiro... Quando chega a vacina, ele fala mal da vacina! Se isso não é atrapalhar muito o caminho que estamos percorrendo enquanto sociedade, enquanto nação, eu não sei mais o que ele precisa fazer pra você achar que ele é um cara muito maléfico", finaliza Porchat.

Assista o vídeo na íntegra:


    Leia tudo sobre: Lula

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários