Marcelo Forlani e Neil Gaiman
Divulgação
Marcelo Forlani e Neil Gaiman

Nesta sexta-feira (04), foi realizada a abertura da Thunder Arena, da CCXP Worlds. Com grandiosidade, o palco recebeu como convidado de honra o quadrinista Neil Gaiman, criador de grandes produções como "Sandman", "American Gods", God Omens", entre outras obras.

Ao falar sobre "Sandman", o autor relembrou alguns perrengues. Antes de ganhar uma adaptação para a Netflix, Gaiman disse que houve uma reunião com a Warner Bros. "Me recordo que, em 2005, eu estava em Los Angeles para fazer uma apresentação na Warner Bros. Foram oito ou nove tentativas que não deram certo", iniciou ele.

"Um dos representantes disse que 'Senhor dos Anéis' e 'Harry Potter' tinham um vilão claro, e que em 'Sandman' também tinha isso. Eu disse que não".

O acordo, por fim, acabou não indo para frente e agora a história ganhou uma adaptação que será lançada pela pela Netflix. O criador disse que a empresa "ganhou a corrida" porque foi a mais persuasiva. Ele afirmou também que quem gostou do HQ não irá se decepcionar com a nova produção.

Ao falar sobre dificuldades para produzir suas obras, por terem orçamentos altos, o convidado não pestanejou. "Isso às vezes é um problema, mas um dia, enquanto gravava 'God Omens', conversei com um amigo sobre problemas orçamentários. À época, ele estava fazendo 'Doctor Who' e me disse: 'Quando eu tenho que refazer algo por problemas de orçamento, eu tento fazer com que a substituição fique melhor do que original, menos custando menos'. E é isso que eu faço".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários