Nesta quinta-feira, 29, a cantora Gloria Groove lançou "Vício", a segunda música do EP “Affair”. Na quinta-feira passada, 22, a drag queen lançou o videoclipe da canção “Tua Voz”, primeiro single do EP que marca sua incursão noR&B, (rhythm and blues), estilo norte-americano que a inspirou no início da carreira e tem como referências divas como Whitney Houston, Lauryn Hill, Alicia Keys e Beyoncé.

Gloria Groove
Rodolfo Magalhães
Cena do clipe de Vício


Em entrevista ao iG Gente A rapper diz que o processo de composição foi muito intenso, já que ela sempre quis produzir um projeto assim. Ela contou que ficou muito feliz com o resultado final. " O R&B é um estilo muito presente no meu dia-a-dia desde sempre. É uma paixão tanto quanto o universo pop. Esta fase é sobre expressar mais esse lado”, diz.



Pensando em todos os detalhes dessa era, Groove fala que escolheu "Tua Voz" como o primeiro single pois é uma música potente e verdadeira. "Ela se destaca no EP como a mais visceral.Me pareceu uma boa maneira de apresentar esta nova era". 

Processo criativo durante a pandemia

O processo de compor e produzir um álbum durante um período tão turbulento quanto a pandemia, pode parecer difícil, mas Gloria afirma que isso a salvou. “A maioria dos vocais do EP foram gravados durante o isolamento. Me garantiu a sensação de estar fazendo algo bom e importante, mesmo durante um período tão difícil”.

Além do novo EP, a cantora também participou da música “Deve ser horrível dormir sem mim” de Manu Gavassi. A música entrou logo entre as mais escutadas do paísç. As duas se apresentaram com Lucas Silveira, do Fresno, na premiação MTV Miaw, no mês passado.

“Foi sensacional trabalhar com Manu Gavassi. Ela é uma tremenda artista e aprendi muito durante este trabalho. Foi muito bom também a chegada de tantas novas conquistas a partir deste lançamento. Sinto que fizemos algo incrível juntas”, diz.


Vai ter Drag Queens na capa da Vogue sim!

Recentemente Groove foi uma das quatro drag queens - junto de Pabllo Vittar, Bianca DellaFancy e Halessia -  a estampar a capa da Vogue. As artistas foram as primeiras drags na capa da revista.

“Ainda é surreal pra mim falar sobre isso! Foi um dos grandes acontecimentos não só da minha vida, mas também pra toda uma comunidade. Nos divertimos muito fazendo essas fotos e matando as saudades. O clima no estúdio era de celebração e close, muito close! Fico honrada de fazer parte de um momento tão importante”, comemora.

Além de ser um dos nomes mais populares da música pop nacional, Gloria é um nome muito importante para a comunidade LGBTQ+.A rapper diz que sente que o seu trabalho tem o poder de ser um guia em direção a um futuro onde dados tristes sejam somente história. Segundo relatório divulgado este ano pelo Grupo Gay da Bahia, um membro da comunidade LGBTQ+ morreu de forma violenta a cada 26 horas em 2019.

“Acredito que existe uma força tremenda em usar meu corpo marginalizado para exercer uma tarefa nobre como a de um artista pop. É um lembrete de que somos capazes de ocupar todos os espaços. É histórico”, diz a diva.

    Veja Também

      Mostrar mais