Negão da BL dá importante lição durante live
Reprodução
Negão da BL dá importante lição durante live


O nome de Negão da BL esteve entre os assuntos mais comentados do Twitter. O motivo, dessa vez, não foram os vídeos divertidos que o cantor grava com a mãe, Gisele Bento. Na última quarta-feira (26), o MC viralizou por causa de uma discussão sobre racismo e lugar de fala que ele levantou durante a live Coronna Lounge, apresentada por Kemilly Cardoso e Glauco Zulo.

"Hoje de manhã, os policiais me olharam um tempão. Mas aí eles viram que tinha um monte de gente tirando de mim e pensaram: 'o negão só pode ser artista'", disse Negão da BL. Glauco, então, provocou: “Irmão, todo tiro que mata na favela é da polícia?”. O artista respondeu: “Eu não posso dizer que é da polícia ou do bandido. Eu não sei de onde a bala veio”. 

"Acho que o racismo nunca vai acabar. Não adianta você ser mentiroso, mano. O bagulho (racismo) vai passando de geração em geração. A criança com aquilo ali. Mas os antigos vão passando aquilo ali para elas", desabafou o convidado.

"Mas a gente tem uma grande parte da população que briga para acabar com isso (racismo)", retrucou Kemilly. "Eu respeito. Mas vocês são dois brancos brigando com um preto. E o bagulho não vai acabar", respondeu Negão. Foi então que Kemilly disse que seu pai é negro. "Você tem pai negro, mas é branca", finalizou o artista.


    Veja Também

      Mostrar mais