"Andaluz", o novo videoclipe de Lia Paris gravado antes da pandemia, terá sua  estreia no Belas Artes Drive In, no Memorial America Latina, neste domingo (28). Ao iG Gente, a artista contou mais sobre as suas inspirações: "As minhas músicas são muito autobiográficas e, como levo uma vida nômade, elas vêm de muitas das histórias que vivi, dos lugares que passei".

Divulgação/Gabriel Strafacce
"Andaluz" de Lia Paris



A produção de "Andaluz", por exemplo, é em homenagem à sensação familiar que a artista sentiu na região de Andaluzia, por onde esteve em 2017 durante a turnê do seu trabalho Lua Vermelha. "Senti como se já tivesse vivido ali em uma outra vida", revelou Lia, que ainda citou o filme Matrix como uma grande inspiração, não apenas para este clipe, como também para todo seu trabalho.

Sobre o seu novo projeto, lançado em plena pandemia em um formato bastante inovador, a artista conta que não poderia estar mais feliz. "Eu adoro o Memorial da América Latina, a curadoria é sempre excelente. O Cine Belas Artes nem se fala. São dois lugares símbolos da resistência da cultura e da arte no Brasil e, para mim, é muito importante lançar um trabalho independente num lugar tão especial para a cultura e para a cidade. Estou muito feliz! Vai ser muito bacana poder assistir ao videoclipe em uma tela gigante, ainda mais no drive-in, que tem todo um charme". 

Lia Paris
Divulgação
Lia Paris


Para o futuro, Lia diz que tem muito material para lançar nos próximos anos. Mas, infelizmente, a artista conta que a pandemia acabou mudando alguns de seus planos: "Começamos a ouvir falar da pandemia, ninguém entendia muito o que estava acontecendo (...) mas já estava bem tenso por lá [Europa], e eu voltei para o Brasil para fazer um show e meio que fiquei presa aqui, porque moro na Europa. Tive que adiar a turnê, tinha shows na Itália, na França, foi tudo cancelado e agora é aguardar, se cuidar, enfim...".

Lia ainda trouxe uma reflexão bastante pertinente sobre a pandemia, opinando que o mundo deveria mudar. "O ser humano precisa mudar, precisa fazer parte da natureza, se entender como parte. Não o senhor da natureza. Por isso que está acontecendo essa pandemia, por causa de um desequilíbrio, de um abuso do meio ambiente", diz ela, que defende um modo de vida mais sustentável, que também é uma questão sempre levantada em seu trabalho. 

Serviço

Belas Artes Drive-In
Onde: Memorial da América Latina – Entrada pela Rua Tagipuru s/no. – Portão 2.
Quando: a partir de 17 de junho, de terça a domingo.
Horários e Classificação indicativa: consulte a programação.
Ingressos e combos deverão ser adquiridos antecipadamente através do site da Sympla 
Valores de Ingresso: R$65,00 para carro com até 4 pessoas
Capacidade: 100 carros

Protocolos Sanitários

– Teremos uma distância estabelecida entre os carros.
– Deve-se limitar a ocupação a quatro pessoas por veículo, ainda que de uma mesma família.
– A conferência de ingressos será visual através de leitores óticos, sem contato manual por parte do atendente.
– A abertura das portas dos carros deve acontecer apenas para a ida ao banheiro solicitando com o pisca alerta do carro, onde um de nossos atendentes acompanhará o cliente.
– O público deve permanecer dentro dos veículos durante toda a sessão.
– Alimentos e bebidas serão entregues nos carros na chegada ao evento, respeitadas todas as regras existentes para entrega de alimentos. Apenas uma pessoa deverá receber os itens.
– Importante o uso de máscaras dentro dos veículos. Teremos álcool em gel, mas leve o seu também em seu carro.
– Público e pessoas não envolvidas diretamente nas apresentações, devem permanecer em seus carros.
– A programação terá intervalo suficiente entre sessões para higienização completa do local. 

    Veja Também

      Mostrar mais