No último domingo (26), como já é tradicional nas cerimônias do Grammy, a grande maioria dos 84 troféus de 2020 foram entregues antes mesmo do início da festa, marcada para as 22h00. E a grande campeã da cerimônia foi Billie Eilish, que arrebatou seis prêmios, desbancando Taylor Swift em uma noite histórica para sua carreira.

Billie Eilish
Divulgação
Billie Eilish

Disco mais tocado no mundo em 2019, "When We Fall Asleep, Where do We Go?", o de estreia da americana de 18 anos, recebeu dois gramofones de ouro: o de melhor álbum pop vocal e o de melhor engenharia não clássica — prêmio técnico que reconhece o trabalho dos engenheiros de gravação, Rob Kinelski e Finneas O'Connell. Na mesma noite, Billie Eilish  arrebatou prêmios nas categorias de revelação, melhor música e melhor gravação.

O Irmão de Billie, Finneas O'Connell ainda garantiu o Grammy de produtor do ano não clássico. Enquanto seus concorrentes, incluindo nomes badalados como Jack Antonoff (Taylor Swift, Lana Del Rey) e Dan Auerbach (Black Keys), disputaram a categoria com ao menos quatro trabalhos no ano, Finneas produziu apenas o álbum da irmã.

Com isso, Billie Eilish venceu seis prêmios e desbancou Taylor Swift , que era detentora do título de cantora mais jovem a ganhar um Grammy . À época do feito, em 2010, a intérprete de Fearless tinha 20 anos. Billie se consagrou no último domingo (26) aos 18.  

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários