Tamanho do texto

Presidente endossou fala de Eduardo Bolsonaro sobre relação do ator hollywoodiano com as queimadas que assolam a Amazônia

O Presidente Bolsonaro acusou o ator Leonardo DiCaprio de ter envolvimento com as queimadas que tomam conta da Amazônia nos últimos meses. Em live no Facebook na noite de quinta-feira (29), o Presidente endossou fala recente de seu filho Eduardo, que acusam o ator hollywoodiano de ser um dos responsáveis pelos incêndios.

Leia também: No Acre, comunidade indígena Huni Kuin tenta se reerguer após queimadas

montagem com bolsonaro e leonardo dicaprio arrow-options
Reprodução
Bolsonaro e Leonardo DiCaprio

“Uma ONG ali pagou R$ 70 mil por uma foto fabricada de queimada. O que é mais fácil? ‘Toca’ fogo no mato. Tira foto, filma, manda para a ONG, a ONG divulga, entra em contato com o Leonardo DiCaprio e o Leonardo DiCaprio doa US$ 500 mil para essa ONG. Leonardo DiCaprio, você está colaborando com as queimadas na Amazônia”, disse Bolsonaro.

O deputado Eduardo Bolsonaro, filho do Presidente, já havia feito acusações semelhantes em suas redes sociais, afirmando que o ator doou US$ 300 mil para a ONG WWF, que ele também acusou de ter iniciado incêndios.

Leia também: Advogado dos brigadistas de Alter do Chão conta detalhes sobre caso

De acordo com a Folha de S.Paulo, o presidente voltou a falar do ator nesta sexta-feira (29), na entrada do Palácio do Alvorada: . "Agora, o Leonardo DiCaprio é um cara legal, não é? Dando dinheiro para tacar fogo na Amazônia", teria dito o Presidente.

Leia também: Leonardo DiCaprio se comove com caos em Brumadinho e faz apelo ao governo

Leonardo DiCaprio é envolvido com causas ambientais, e já se pronunciou algumas vezes sobre as queimadas na Amazônia. Ele ainda não respondeu as acusações de Bolsonaro.