Tamanho do texto

Criminosa perdeu o processo em primeira instância, mas pretende recorrer da decisão da Justiça; livro sobre ela deve ser lançado em janeiro de 2020

Parece que Suzane Von Richtofen se incomodou ao saber que um livro sobre sua vida será lançado pelo jornalista Ulisses Campbell. A criminosa entrou com uma ação na Justiça contra a editora responsável pela obra, na intenção de tentar barrar a publicação.

Leia também: Suzane é tietada e requisitada para selfies durante saídas temporárias

Suzane Von Richtofen arrow-options
Reprodução
Suzane Von Richtofen


De acordo com o site da revista Veja , nos documentos do processo, a advogada de Suzane Von Richtofen afirma que ela "não autorizou o referido livro e que o repudia veementemente". "A autora já vem pagando pelo crime que cometeu, desta forma tem o direito ao esquecimento", declarou a magistrada.

Leia também: Suzane Von Richthofen deixa a prisão mesmo após descumprir regras

No entanto, a liminar foi indeferida pela juíza Larissa Gaspar Tunala, pois "não há probabilidade do direito de que a tutela inibitória seja amparada pelo ordenamento constitucional". Richtofen recorrerá da decisão.

Leia também: Suzane von Richtofen perde prazo do Fies e não vai cursar faculdade católica

Além da obra de Ulisses Campbell , a história de Suzane Von Richtofen ainda ganhará um filme, escrito por Ilana Casoy e Raphael Montes. O longa deve estrear no próximo ano.