Em entrevista à revista Rolling Stone , que foi ao ar nesta segunda-feira (26), Harry Styles falou sobre seu novo álbum, que abordará "sexo e tristeza". O ex-One Direction ainda afirmou que durante a gravação das faixas explorou sua vulnerabilidade como músico e sentiu sensações diferentes. 

Leia também: Harry Styles deixa 1D para trás e se prepara para ser o maior popstar do mundo

Harry Styles
Divulgação / Rolling Stone USA
Harry Styles


Leia também: Confirmado! Harry Styles será o Príncipe Eric em "A Pequena Sereia"

"Canto sobre como é se sentir patético quanto estou com ciúmes ou quando estou mais feliz do que nunca - ou mais triste do que nunca. Sentindo pena de mim, raiva, sendo mesquinho ou lamentável", afirmou Harry Styles .

Leia também: Será? Harry Styles pode ser o Príncipe Eric no live-action de "A Pequena Sereia"

Extremamente reservado quanto a sua vida pessoal, o Harry Styles assume que o próximo álbum está nascendo a partir de um coração partido. "Foram as músicas que tive mais dificuldade para escrever. Tive que doar parte da minha alma para compô-las. Me questionei sobre cultura, gênero, identidade, masculinidade e sexualidade", acrescentou o ex- One Direction

    Veja Também

      Mostrar mais