Tamanho do texto

A plataforma conta com uma enorme variedade do gênero queridinho pelos amantes de filmes em seu catálogo, mas nem todos são muito conhecidos

Comédias românticas são alguns dos estilos de filmes mais queridinhos do público e ideal para aquele final de semana em que você está com preguiça de sair de casa e prefere ficar o dia inteiro assistindo alguns filmes da Netflix, mas a dúvida é sempre a mesma: o que assistir?

Leia também: Cinco séries que te fazem refletir sobre vários aspectos da vida

cena do filme arrow-options
Divulgação
Veja algumas das comédias românticas escondidas na Netflix


Para evitar que você perca tempo procurando um filme e até mesmo acabe desistindo, separamos dez boas comédias românticas que estão escondidas na Netflix , ou seja, você vai se divertir com um bom longa longe dos clichês.

  • A Química do Amor

“A Química do Amor” é bom filme, e muito pouco falado, que pode ser encontrado na Netflix. A produção, estrelada por Sofia Vergara, James Marsden, Lucy Punch, Withney Cummings, entre outros, conta a história de uma cientista que estuda as diferenças entre o funcionamento do cérebro de homens e mulheres e acaba descobrindo como deveria viver a própria vida.

  • Nuestros Amantes

Apesar de dramático, o romance “Nuestros Amantes” tem uma pitada de humor com a história de um homem e uma mulher que se encontram numa cafeteria em um momento em que suas vidas estão à deriva, fazendo com que eles lembrem da importância de sonhar.

  • Como Superar Um Fora

Seguindo a linha de uma tradicional comédia romântica, “Como Superar um Fora” é um daqueles clichês que nunca cansam: uma mulher tem uma desilusão amorosa e cria um blog para desabafar e escrever sobre a vida de uma mulher solteira na meia-idade.

Leia também: Com inteligência, "Casal Improvável" traz a comédia romântica para o presente

  • A Intrometida

Em “A Intrometida”, Marnie Minervini acredita que a maternidade não é um dever, mas uma vocação e, mesmo após a morte do marido, segue alegre e aparecendo sem avisar na casa da filha, querendo controlar sua vida. A menina tenta sair das asas da mãe, mas Marnie segue a filha até Los Angeles e acaba desenvolvendo uma conexão com um policial.

  • Doce Lar

Decidida a deixar o marido, Melanie passa a viver secretamente em Nova York, onde conhece Andrew, filha da prefeita da cidade. Os dois começaram a namorar, mas as coisas mudam quando o rapaz pede Melanie em casamento. Ela aceita o pedido, mas precisa voltar para sua cidade para conseguir o divórcio de seu atual marido.

Cena de arrow-options
Divulgação
Cena de "Doce Lar"


  • A Princesa e a Plebeia

“A Princesa e a Plebeia” mostra uma duquesa e uma confeiteira que descobrem que são sósias e decidem trocar de lugar, mas acabam se apaixonado por homens que não fazem a menor ideia de quem elas são de verdade, o que acaba virando um problema.

  • Muito Bem Acompanhada

Depois de ter sido abandonada no altar, a irmã de Amy está prestes a se casar e terá como padrinho justamente o ex-cunhado. Decidida a mostrar que superou o abandono, Amy contrata um rapaz para lhe acompanhar no casamento, mas ele acaba conquistando a simpatia da família. Com isso, a relação da moça com o rapaz acaba se tornando séria.

Leia também: Comédias românticas vivem renascença no cinema com fase empoderada

  • Pegar e Largar

Em “Pegar e Largar”, Gray Wheeler se aproxima dos amigos do seu noivo após ele morrer e, a medida que os segredos do falecido são revelados, Gray passa a ver novas faces do homem que ela julgava conhecer e, simultaneamente, passa a se interessar pelo homem que ela jamais imaginaria se apaixonar. Essa é uma das melhores comédias românticas da lista.