Select

A Fundação Edson Queiroz fica responsável a partir de agora pela construção de um novo complexo de arte e cultura, com direito a museu, teatro, auditório e salas multifuncionais, em Fortaleza, no Ceará. O empreendimento ficará nas mãos de um arquiteto a ser escolhido via concurso público e será construído no antigo Centro de Convenções da cidade, que desde 1973 estava nas mãos do governo estadual.

Leia também: Obras inéditas de Tarsila do Amaral chegam ao MASP em abril

Fortaleza, no Ceará, ganhará complexo cultural no antigo Centro de Convenções
Wikimedia Commons
Fortaleza, no Ceará, ganhará complexo cultural no antigo Centro de Convenções


Você viu?

O terreno de 27 mil m² foi adquirido pela Fundação Edson Queiroz em 1971 e dois anos depois foi doado para o Estado para que fosse usado para a realização de eventos de grande porte. Desde então, por idas e vindas, a fundação fez propostas para aproveitar parte do local para atividades culturais.

Leia também: Leonardo da Vinci: 500 anos à frente de seu tempo

No início deste mês foi formalizada a devolução de 14 mil m² da área do Centro de Convenções para a Fundação Edson Queiroz, em acordo com o governador do Ceará Camilo Santana.

Leia também: Cine Ceará bate recorde de inscrição com filmes de 12 países

O museu do novo complexo cultural passará a acolher a coleção de obras de arte da Fundação e também a apresentar exposições nacionais e internacionais, que até agora ocorriam no Espaço Cultural Unifor. A Fundação Edson Queiroz recém organizou a mostra coletiva Da Terra Brasilis à Aldeia Global no espaço da universidade. Com curadoria de Denise Mattar, a exposição apresentou 250 obras dos artistas brasileiros mais reconhecidos até hoje, além de estrangeiros que representaram o Brasil, até o final de março de 2019.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários