Tamanho do texto

A terceira temporada de “Greg News” estreia nesta sexta-feira (29) na HBO. Ao iG Gente, Gregório Duvivier comenta os novos desafios do programa

A terceira temporada do programa “Greg News”, comandado por Gregório Duvivier, começa nesta sexta-feira (29), às 23h, na HBO . Este é o primeiro episódio da atração - o novo ciclo consiste em 30 - após o novo governo, e o apresentador falou sobre a expectativa para a nova fase.

Leia também: Quarta temporada de “Psi” recorre à paranoia e ao ciúme para impactar expectador .

undefined
Divulgação
Gregório Duvivier comenta nova temporada do "Greg News" e destaca os desafios do programa


Greg News ” é cômico e aborda assuntos do Brasil e do mundo com humor e descontração. Gregório Duvivier , em entrevista ao iG Gente ,  afirma que não será fácil conduzir o programa com o novo governo federal. “[Esse governo] é a encarnação de uma piada. Estamos competindo com o governo”, declara ele.

Roberto Rios, vice-presidente de Conteúdo da HBO , enfatiza que a produção já tem experiência em lidar com presidentes. “Esse é o terceiro ano. Em termos de temática, tudo o que comentamos no passado continua sendo válido”, relata.

Ambos entendem que a política é o tema central da atração, mas consideram importante fazer um filtro que priorize os assuntos. “Nossa função como comediantes e jornalistas é separar o joio do trigo, passar uma peneira. A gente não vai cair nas armadilhas que esse governo pode plantar”, pontua Duvivier.

Leia também: Multipremiada, "Veep" retorna no domingo (31) para última temporada na HBO .

undefined
Divulgação
Gregório Duvivier, apresentador do "Greg News", se pronuncia sobre formato da nova temporada

Gregório também diz que a intenção desta temporada não é cobrir temas que são amplamente explorados durante a semana. “A gente não tem a pretensão de cobrir tudo. A internet já esta cobrindo isso muito bem, tem uma produção industrial de memes”, fala ele.

Em relação às fake news, onda cada vez maior na internet, a equipe evidencia que o programa não tem a intenção de ser imparcial, porém utiliza apenas informações verdadeiras. “Você tem direito a ter sua própria opinião, mas não seus próprios fatos. As pessoas relativizam tanto a verdade que parece que cada um tem seu fato”, completa Duvivier.

Roberto Dias comenta ainda a estratégia do canal nesta nova temporada, que vai contar com dez episódios a mais que as anteriores. “É um modelo que já fazemos em outros países da América Latina e com o Bil Maher e o John Oliver nos Estados Unidos”, inicia o vice-presidente.

“Com 30 episódios, exibidos longo de 40 semanas, o programa fica no ar quase que o ano inteiro. Nos ajuda também a tratar de assuntos com mais calma”, finaliza ele.

Leia também: Final de "Game of Thrones" vai "dividir opiniões", observa Kit Harington .

O apresentador Gregório Duvivier também falou da relação entre o teatro e a televisão para comandar a programação. “Toda semana é uma loucura. Eu vim do teatro e do improviso e gosto muito disso. Eu encaro muito como teatro, e cada espetáculo é único”, diz ele. “Sempre fico nervoso e a cada temporada mais feliz”, completa o comediante.

*com reportagem de Gabriela Mendonça