Tamanho do texto

Dividido em duas partes, "Leaving Neverland" será exibido pela HBO no sábado (16) e no domingo (17), às 20h, e vem criando polêmicas; entenda

A HBO Brasil exibirá no sábado (16) e no domingo (17), às 20h, o polêmico documentário sobre os supostos abusos sexuais praticados por Michael Jackson contra menores de idade. "Leaving Neverland", traduzido para o português "Deixando a Terra do Nunca", será dividido em duas partes.

Leia também: HBO exibe documentário polêmico sobre Michael Jackson e abusos sexuais em março

Michael Jackson
Divulgação
Michael Jackson


O documentário apresenta testemunhos de Wade Robson e James Safechuck que, quando eram crianças, conquistaram a amizade de Michael Jackson, e, com seus familiares, foram levados ao mundo do artista. 30 anos depois, eles alegaram terem sido abusados pelo cantor quando tinham apenas 7 e 10 anos respectivamente.

Leia também: Acusações contra Michael Jackson, 11 de setembro e polêmicas dominam Sundance

O problema é que antes de alegarem os abusos, os acusadores testemunharam sob juramento que os fatos nunca tinham acontecido e foi essa a justificativa da família do cantor para rebater as acusações contra o artista através de um comunicado oficial.  O espólio do cantor está processando a HBO.

Desconstrução da carreira de Michael Jackson 10 anos após sua morte

Documentário é prejudicial à memória e à carreira de Michael Jackson
Divulgação
Documentário é prejudicial à memória e à carreira de Michael Jackson


Por conta das novas alegações, alguns fatos estão tomando um caminho de desconstruir a carreira do artista, que morreu em 2009 em decorrência de uma overdose. Na Austrália, no Canadá e na Noca Zelândia, algumas rádios decidiram não tocar músicas de Jackson.

Levando em consideração que os dois rapazes já haviam negado qualquer abuso do cantor, podemos afirmar que simplesmente não tocar mais as músicas do mesmo em suas rádios seja uma atitude exagerada, mas eles não são os únicos.

Os produtores de "Os Simpsons" também tomaram uma decisão radical e optaram por tirar do ar um antigo episódio do desenho animado que traz a voz do artista, A decisão, anunciada à publicação The Wall Street Journal , também vem no meio a novas polêmicas envolvendo o cantor.

A família do cantor entrou com um processo contra a HBO para tentar impedir a exibição de " Leaving Neverland ". De acordo com a imprensa americana, os advogados dos Jacksons alegam que a emissora quebra um contrato assinado em 1992. Nele, eles prometeram não levar ao ar conteúdos prejudiciais ao artista.

Leia também: Novo chefe da HBO não é fã da ideia de spin-offs de "Game of Thrones

A atitude dos familiares de Michal Jackson é uma tentativa de não manchar o nome do cantor e de proteger o nome do artista. Por enquanto, a emissora já exibiu a produção nos EUA.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas