Tamanho do texto

Denise Fergus é mãe do britânico James Bulger, que foi assassinado em, 1993, quando tinha dois anos, e teve sua história contará no curta-metragem

A mãe de James Bulger, um menino britânico que foi assassinado em 1993, quando tinha apenas dois anos, se disse "enjoadacom a indicação de "Detainment" ao Oscar. O filme disputa o prêmio de melhor curta-metragem e reconstitui através de transcrições das gravações originais, as entrevistas da polícia com os dois assassinos da criança.

Leia também: Astros reagem nas redes sociais após indicações ao Oscar 2019

Reprodução
"Detainment" conta história de assassinato de menino de 2 anos


"Eu não consigo expressar como estou enojada e chocada por esse filme ter sido feito e agora indicado ao Oscar", tuitou Denise Fergus, a mãe de James Bulger , momentos depois de o filme ser anunciado entre os selecionados. "Uma coisa é fazer um filme como esse sem contatar ou pedir permissão à família de James e outra é ter uma criança encenando as últimas horas de vida dele, os momentos que antecederam o seu assassinato brutal, e fazer a mim e a minha família reviver tudo isso", completou ela sobre a indicação de " Detainment ".

"Detainment" foi feito pelo diretor irlandês Vincent Lambe, que divulgou um comunicado se desculpando por não ter avisado a Fergus sobre o filme e "por qualquer mal estar que o curta possa ter causado".

Leia também: Pawel Pawlikowski sai da bolha de filme estrangeiro no Oscar 2019

"Detainment"

Reprodução/Twitter
"Detainment" mostra história real de menino de 2 anos


O crime aconteceu em 1993, na Inglaterra, ganhou repercussão internacional e acabou inspirando a redução da maioridade penal para 10 anos na Grã-Bretanha.

James estava em um shopping com a mãe, quando foi raptado. Câmeras de segurança mostraram quando Robert Thompson e Jon Venables, que na época tinham 10 anos, atraíram e levaram o menino. Eles o espancaram até a morte com tijolos e uma barra de ferro e deixaram o corpo em uma linha de trem. James foi encontrado pela polícia dois dias depois.

Leia também: Oscar adota viés mais progressista com escolhas de 2019

" Detainment " reconstitui os momentos antes e depois de James desaparecer e tem os depoimentos que a dupla concedeu à polícia. Mais de 90 mil pessoas assinaram uma petição antes de as indicações ao Oscar serem anunciadas na terça-feira, pedindo que o filme de 30 minutos seja desclassificado.