Tamanho do texto

"Roma" se torna o primeiro filme da Netflix a concorrer ao Oscar de melhor filme do ano. Produção mexicana recebeu dez indicações ao todo

A campanha milionária da Netflix deu certo e "Roma" foi uma das grandes atrações dos indicados ao Oscar 2019, revelados na manhã desta terça-feira (22) em Los Angeles, nos EUA. A produção amealhou dez indicações e lidera a corrida ao lado de "A Favorita".

Cena icônica de Roma, cotado para o Oscar 2019 e já disponível na Netflix
Divulgação
Cena icônica de Roma, cotado para o Oscar 2019 e já disponível na Netflix

É a primeira vez que a Netflix recebe uma indicação para Melhor Filme no Oscar. A presença sólida de "Roma" na premiação, com indicações para Atriz, Atriz Coadjuvcante, Roteiro Original, Direção e Filme Estrangeiro, mostra que a gigante do streaming conseguiu convencer os acadêmicos que também faz cinema de prestígio e que merece um lugar à mesa junto aos grandes estúdios de cinema.

Leia também: Cinema-memória, "Roma" se fia na beleza e nos afetos para encantar o público

Netflix no Oscar

Além de 'Roma", a empresa emplacou "A Balada de Buster Scruggs", novo dos irmãos Coen, favoritos da Academia , em categorias como Canção Original, Roteiro Original e Fotografia. A empresa já havia sido contemplada no Oscar em anos anteriores, como "Mudbound: Lágrimas Sobre o Mississipi", que recebeu quatro indicações em 2018, e o premiado documentário "Icarus", mas jamais com a força e dimensão experimentados neste ano.

O feito da Netflix é importante porque quebra uma resistência histórica dentro da Academia e coloca a Netflix como um player ainda mais poderoso dentro da indústria. 

Leia também: Steven Spielberg afirma que filmes da Netflix não merecem concorrer ao Oscar

"Roma" , que já ganhou o Critic´s Choice Awards e o Globo de Ouro de direção e filme estrangeiro, está disponível na Netflix.