Tamanho do texto

Glenn Close aproveita o vento a seu favor e assume o favoritismo na corrida pelo Oscar, mas Lady Gaga compreende que este também é um concurso de popularidade. Veja como está a briga pela estatueta de melhor atriz

A 24ª edição do  Critic´s Choice Awards consagrou "Roma" como o melhor filme do ano e deu a Lady Gaga dois trófeus. O de melhor canção, por Shallow , e o de melhor atriz, este em um inesperado empate com Glenn Close ("A Esposa").

Lady Gaga e Glenn Close empataram no Critic´s Choice Awards
divulgação/Critic´s Choice Awards
Lady Gaga e Glenn Close empataram no Critic´s Choice Awards

A protagonista de "Nasce uma Estrela" precisava de uma vitória como essa para voltar a ganhar buzz em um momento que ela e o filme passam por certo esvaziamento. A categoria de melhor atriz no Oscar tem uma favorita declarada e ela é Glenn Close .

A atriz de 71 anos já foi indicada seis vezes e nunca ganhou. Há anos em que a corrida por um Oscar competitivo se torna uma deferência a carreira de veteranos frequentemente menosprezados. Foi assim com Jeff Bridges em 2010 e com Gary Oldman no ano passado e tudo indica que seja assim este ano na principal categoria de atuação feminina. 

Lady Gaga, no entanto, sabe que a corrida pelo Oscar também é um concurso de popularidade e nesse departamento ela sobeja sobre Close. A expressão corporal das duas ontem no palco enquanto recebiam o prêmio de atriz é sintomático disso. Se Close faz campanha elegante e sutil pelo Oscar, ciente de que o vento sopra a seu favor, Gaga é extrema e midiática e faz o tipo espalhafatosa com carinho. 

Leia também: "Nasce uma Estrela" triunfa ao costurar conflitos pessoais aos da fama

Lady Gaga ganha fôlego na disputa por Melhor Atriz no Oscar 2019
Reprodução/Twitter
Lady Gaga ganha fôlego na disputa por Melhor Atriz no Oscar 2019

Olivia Colman, também premiada no Critic´s Choice como atriz de comédia por "A Favorita" é a outra grande força na categoria. Diferentemente da rivais ela já fora premiada em um grande festival de cinema, Veneza, é britânica e defende uma atuação do tipo que ecoa forte junto a acadêmicos. 

São três postulações radicalmente distintas, mas é Gaga quem se empenha mais na campanha gerando burburinhos como de um novo trabalho com Bradley Cooper, de como Shallow irá influenciar seis novos trabalhos musicais e por aí vai. Tudo para se manter em evidência e na cabeça dos membros da academia.

As outras concorrentes

Yalitza Aparicio pode ser a surpresa na disputa por melhor atriz no Oscar
Divulgação
Yalitza Aparicio pode ser a surpresa na disputa por melhor atriz no Oscar

A corrida pelo prêmio de atriz já tem suas protagonistas, mas e as outras duas vagas? Melissa McCarthy, uma atriz acostumada a registros cômicos, deve ser a quarta indicada por "Poderia me Perdoar?" e mostrar que a resistência da Academia com humoristas em incursões dramáticas, que tanto vitimou Jim Carrey, está legada ao passado. 

Leia também: Assédio sexual, “Joanne” e mais: o caminho para Lady Gaga acontecer no cinema

A quinta vaga, no entanto, está francamente aberta. Emily Blunt ("O Retorno de Mary Poppins") teve o apoio do sindicato dos atores, Viola Davis ("As Viúvas"), do Bafta, e Rosamund Pike ("A Private War") e Nicole Kidman ("Destroyer") são atrizes previamente indicadas que foram lembradas pelo Globo de Ouro. Há, ainda, a mexicana Yalitza Aparicio por "Roma", seu primeiro trabalho como atriz.  

Uma dessas mulheres deve compor a categoria de melhor atriz no Oscar 2019. Os indicados serão conhecidos em 22 de janeiro. 

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.