undefined
Reprodução
Donald Glover em cena do surpreendente clipe "This is America"

Que Donald Glover é um dos artistas mais completos, sagazes e entusiasmantes do atual momento cultural que vivemos já é sabido, mas o novo lançamento de seu alter-ego musical, Childish Gambino, promete adensar ainda mais essa perspectiva.

undefined
Reprodução
Donald Glover em cena de "This is America"

“This is America” é o primeiro single lançado por Donald Glover desde “Awaken, My Love”, de 2016 e nomeado ao Grammy . O clipe foi lançado após a performance de Gambino no Saturday Night Live e não poderia ser mais inflamatório.

Leia também: 11 Gifs que representam a ansiedade para o novo álbum de Ariana Grande

Cheio de referências sutis a movimentos como Black Lives Matter, aos protestos de Charlottesville, a tiroteios terroristas, abusos policiais e ao movimento dos direitos civis, “This is America” é tão incômodo quanto intrigante.

O vídeo começa com Donald Glover dançando sem camisa. E, de repente, ele atira à queima roupa em um sujeito que tocava violão sentado e encapuzado. A coisa continua cheia de ambiguidade.

Dirigido pelo habitual colaborador de Glover, Hiro Murai, responsável por vários episódios de “Atlanta”, série criada e protagonizada pelo ator, o clipe foi gravado em um galpão e tem carros dos anos 80 e 90, ataques, pânico, sensualidade, e ultraviolência. É um choque atrás do outro e não é possível construir muito sentido sem revê-lo algumas vezes.

Leia também: Nova música de Christina Aguilera tem má recepção na web

É sem dúvida um material provocador e que instiga à reflexão. A letra da música segue o mesmo padrão de dualidade. Indo do sexy ( “I know you wanna party/ Party just for me/ Girl, you got me dancin’/ Dancin’ free”) ao pesado (“This is America/ Police be trippin’ now/ Yeah, this is America/ Guns in my area”).

O verso “Essa é a América” vai adquirindo gravidade cortante à medida que o clipe avança e Glover parece menos dançar e mais se contorcer. A agonia, em dado momento, parece palpável.

O clipe já gerou controvérsia nas redes sociais dos EUA e o artista está sendo criticado pelo grafismo do clipe por muita gente, mas elogiado pelo desprendimento artístico e pela crítica poderosa que enseja por tantos outros.

O novo álbum de Childish Gambino ainda não tem previsão de estreia, mas Donald Glover poderá ser visto nos cinemas em “Han Solo: Uma História Star Wars” a partir de 24 de maio.

undefined
Reprodução
A cantora Sza participa no final do clipe de "This is America"

Leia também: Após cancelamento de série, Donald Glover desmente boatos na internet

    Veja Também

      Mostrar mais