Tamanho do texto

Atriz levou a estatueta pelo celebrado “Três Anúncios Para um Crime”. Em discurso acalorado, ela pediu apoio para mulheres no cinema

Frances McDormand ganhou seu segundo Oscar de Melhor Atriz por seu trabalho em “ Três Anúncios Para Um Crime ”. A atriz subiu ao palco para um discurso emocionado, onde agradeceu o diretor Martin McDonagh e seu marido, o cineasta Joel Coen.

Leia também: Gary Oldman vence Oscar de Melhor Ator por caracterização de Winston Churchill

Frances McDormand celebra seu segundo Oscar e pede em discurso que mulheres indicadas se levantem
Reprodução
Frances McDormand celebra seu segundo Oscar e pede em discurso que mulheres indicadas se levantem

 “Eu tenho algumas coisas para dizer”, comentou a atriz, antes de pedir que todas as indicadas mulheres se levantassem. “Atrizes, diretoras, produtoras”, pediu. Greta Gerwig e Meryl Streep foram umas das poucas que se levantaram. Muito aplaudida, McDormand pediu para que todos olhassem ao redor, para essas mulheres, e ouvissem suas histórias. “Todos temos histórias para contar e filmes para fazer”, clamou.

Por fim, ela citou duas palavras: "inclusion rider". O termo significa uma cláusula que um ator pode fazer em seu contrato, exigindo que o elenco seja diverso, garantindo igualdade de gênero ou raça. 

Leia também: Eleito melhor filme, "A Forma da Água" lidera Oscar 2018 com quatro estatuetas

via GIPHY

Três Anúncios

McDormand foi a favorita durante todo o período de premiação por sua atuação como Mildred, uma mulher pobre que vive na pequena cidade de Ebbing, Missouri e sofre com a morte da filha, estuprada e queimada meses antes. Sem ver resultado na investigação, ela decide instalar três anúncios questionando o trabalho da polícia local em relação ao crime. McDormand cria com muito cuidado o perfil dessa mulher cheia de defeitos, carregada de violência e raiva, mas capaz de uma sensibilidade sem igual.

Considerada uma “outsider” no circuito de Hollywood, Frances McDormand já havia ganhado uma estatueta em 1997 por “ Fargo ”, dirigido pelos irmãos Coen. Ela ainda foi indicada outras três vezes: por “Mississippi em Chamas”, “Quase Famosos” e “Terra Fria”. esse ano ela competia com Sally Hawkins, Margot Robbie, Meryl Strepp e Saoirse Ronan. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.