Tamanho do texto

Assim como nos desfiles oficiais, Mangueira e Paraíso do Tuiuti levaram protestos para o Sambódromo; veja tudo o que rolou no desfile das campeãs

A noite do último sábado (17) e a madrugada deste domingo (18) foi marcada por muita animação com o desfile da Mocidade Independente de Padre Miguel , Mangueira , Portela , Salgueiro , Paraíso do Tuiuti e Beija-Flor no desfile das campeãs, na Marquês de Sapucaí , que reuniu as seis melhores escolas de samba no carnaval carioca de 2018.

Leia também: Beija-Flor celebra título no último quesito: "Uma vitória da arte"

Campeã do carnaval carioca, Beija-Flor tem
Flickr/RioTur
Campeã do carnaval carioca, Beija-Flor tem "arrastão" no desfile das campeãs


A primeira agremiação a pisar no Sambódromo foi a Mocidade, iniciando seu desfile com 15 minutos de atraso, o que no desfile das campeãs é perdoado. A escola veio com os carros incompletos e algumas composições faltando, mas não deixou de fechar o carnaval empolgando.

Leia também: Depois de empolgar redes sociais, Tuiuti gera comoção com vice no carnaval

Logo depois, foi a vez da Mangueira, que voltou a criticar o corte de verbas da prefeitura do Rio para o carnaval. A escola foi assistida pelo vice-prefeito da cidade, Fernando Mac Dowell, o que chamou atenção de todos. Enquanto ele assistia o desfile, bateu palmas e acompanhou o samba.

A Mangueira também protestou na Sapucaí
Reprodução/Twitter
A Mangueira também protestou na Sapucaí


Dona da quarta posição, a Portela foi a terceira escola a desfilar na Sapucaí. Rosa Magalhães, carnavalesca da escola, veio como destaque no abre-alas no lugar de Monarco. Já o Salgueiro, terceiro colocado, levou novamente para a o Sambódromo alegorias e fantasias luxuosas.

Vice-campeã

A Paraíso do Tuiutí entrou no Sambódromo com gritos de "É Campeã" e "Fora Temer". O personagem icônico da escola, o vampiro neo-liberalista, esteve novamente como destaque do desfile, mas, desta vez, sem a faixa presidencial. Os integrantes da escola também aproveitaram para se manifestar durante o desfile com faixas de "Fora Temer".

Leia também: Carnaval: Sapucaí vive noite de protestos políticos intensos

Paraíso do Tuiuti voltou a protestar na Sapucaí
Reprodução/Twitter
Paraíso do Tuiuti voltou a protestar na Sapucaí


Beija-Flor

Campeã do Carnaval do Rio, a Beija Flor fechou a noite de desfiles com um "arrastão" atrás da escola, que já havia acontecido no desfile oficial. A escola contou, novamente, com a presença de  Pabllo Vitar e Jojo Todynho , em um carro da escola.




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.