Tamanho do texto

Muitas das escolas favoritas no Rio de Janeiro, como Portela, Salgueiro e Unidos da Tijuca, se apresentam nesta segunda-feira (12)

O último dia de desfile do Carnaval 2018 será hoje na Marquês de Sapucaí, Rio de Janeiro. O Grupo Especial do Rio vai levar hoje (12) e na madrugada de terça-feira (13), as seis escolas favoritas pelo título de campeã: Unidos da Tijuca, Portela, União da Ilha do Governador, Acadêmicos do Salgueiro, Imperatriz Leopoldinense e  Beija-Flor de Nilópolis. 

Leia também: Musas do carnaval carioca apostam no maiô cavado em desfiles da série A

Portela, Campeã do Carnaval 2017 ao lado da Mocidade Independente de Padre Miguel
Fernando Grilli / Riotur
Portela, Campeã do Carnaval 2017 ao lado da Mocidade Independente de Padre Miguel




Veja o enredo das escolas de samba do Carnaval do Rio que irão desfilar na Sapucaí:

Leia também: Anitta faz show surpresa em festa de carnaval com famosos no Rio; veja fotos

Unidos da Tijuca

Com quatro títulos, o último em 2014, a Unidos da Tijuca leva a Sapucaí o enredo "Um coração urbano: Miguel, o arcanjo das artes, saúda o povo e pede passagem". A homenagem da escola a Miguel Falabella será sobre as diversas atividades do artista, que além de ator, também é diretor, escritor, produtor cultural e carnavalesco. 

Miguel Falabella será enredo da escola de samba Unidos da Tijuca no Carnaval do Rio
Reprodução
Miguel Falabella será enredo da escola de samba Unidos da Tijuca no Carnaval do Rio


Mesmo com essas atividades, Falabella conseguiu encontrar tempo para se reunir com os carnavalescos da escola para contar sua história que, na avenida, começa pela sua infância na Ilha do Governador, bairro da zona norte do Rio.

Portela 

A Portela é  a escola com mais títulos do Carnaval do Rio de Janeiro, são 22, o último conquistado ano passado ao lado da Mocidade Independente de Padre Miguel.  Esse ano, a escola vai entrar na avenida cantando o enredo "De Repente de Lá Pra Cá e Dirrepente de Cá Pra Lá', desenvolvido pela carnavalesca colecionadora de títulos, Rosa Magalhães.

Portela, campeã do Carnaval do Rio 2017
Fernando Grilli / Riotur
Portela, campeã do Carnaval do Rio 2017






A escola vai falar da “vida incerta dos imigrantes”, mostrando os judeus que saíram de Portugal fugindo de perseguição religiosa e chegando ao Brasil. Em terras brasileiras, os judeus fundaram, em Pernambuco, a primeira sinagoga das Américas. Porém, novamente precisaram se mudar e o caminho foi Nova Amisterdã, nos Estados Unidos, que mais tarde passou a se chamar Nova York.

Unidos da Ilha do Governador

Das escolas que vão se apresentar hoje (12) na Sapucaí apenas a  União da Ilha do Governador ainda não conquistou nenhum título, porém a escola tem confiança que esse ano será diferente. Com o enredo "Brasil bom de boca, a Ilha vai desfilar os sabores e a riqueza da culinária brasileira".

Leia também: Musas do Carnaval! Confira as beldades que brilham na folia

Acadêmicos do Salgueiro 

Com o enredo "Senhoras do ventre do mundo", a Acadêmicos do Salgueiro retoma os carnavais do passado com temas africanos. O carnavalesco Alex de Souza, que este ano estreia na escola, prometeu que diversos tipos de mulheres estarão representadas na avenida.

Acadêmicos do Salgueiro no Carnaval do Rio 2017 com o enredo A Divina Comédia do Carnaval
Claudio Andrade / Ego
Acadêmicos do Salgueiro no Carnaval do Rio 2017 com o enredo A Divina Comédia do Carnaval



A beleza de mulheres fortes e guerreiras africanas e brasileiras vai se espalhar pelo Sambódromo no desfile do Salgueiro. Uma das homenageadas será Xica da Silva, representada pela atriz Roberta Rodrigues.

Imperatriz Leopoldinense

A escola Imperatriz Leopoldinese irá destacar os 200 anos do Museu Nacional com o enredo "Uma Noite Real no Museu Nacional". Assim, a escola apresentará as tradições que marcaram tantos desfiles do passado: a história de reis, rainhas, príncipes e princesas.

Beija-Flor de Ninópolis

Com 13 títulos, a  Beija-Flor de Nilópolis  encerra as apresentações do Carnaval do Rio 2018 com o enredo "Monstro é aquele que não sabe amar. Os filhos abandonados da pátria que os pariu". A escola levanta a reflexão de quem é o verdadeiro monstro: uma criatura feita de remendos por um cientista ou ela mesma que foi abandonada pelo seu criador.

Beija-Flor apresenta o enredo A virgem dos lábios de mel Iracema no Carnaval do ano passado
Marco Antônio Teixeira/UOL
Beija-Flor apresenta o enredo A virgem dos lábios de mel Iracema no Carnaval do ano passado


A Beija-Flor mais uma vez entra na escola com um samba enredo crítico, apontando quem está por trás das mazelas provocadas pelo preconceito, pela ganância e pela corrupção. 

O Unidos da Tijuca será a primeira escola a pisar na Sapucaí para encerrar o Carnaval 2018 , seguida por Portela, União da Ilha, Salgueiro, Imperatriz Leopoldinense e Beija-flor. 

* Com informações da Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.