Tamanho do texto

Indicada ao Oscar de Melhor Direção, Greta Gerwig diz que "Lady Bird - A Hora de Voar" é um filme inspirado em eventos da sua vida

Em vídeo inédito divulgado pela Universal Pictures , Greta Gerwig , indicada ao Oscar de Melhor Direção por "Lady Bird - A Hora de Voar", falou sobre o processo de filmagem  A diretora e roterista comenta o dia a dia no set de seu primeiro filme solo e revela que "Lady Bird" é um filme inspirado em sua vida: “O filme foi inspirado em eventos da minha vida [...] Não conheço uma mulher que não tenha uma relação complicada e linda com a mãe”, diz Greta. As atrizes Laurie Metcalf e Saoirse Ronan também estão indicadas ao Oscar por suas interpretações no filme.

Leia também: "A Forma da Água" lidera corrida para o Oscar 2018 com 13 indicações

Greta Gerwig é indicada ao Oscar de Melhor Direção por “Lady Bird - A hora de voar
Universal Pictures / Divulgação
Greta Gerwig é indicada ao Oscar de Melhor Direção por “Lady Bird - A hora de voar"












Greta Gerwig revela qual foi a sua principal inspiração de "Lady Bird" : "A relação entre mãe e filha é a história central. O filme foi inspirado em eventos da minha vida. Nada daquilo aconteceu, mas é tudo verdade. Tendo a começar com coisas da minha vida, mas logo elas assumem sua própria órbita". Greta escolheu a dedo as atrizes que iriam interpretar os papéis da história de amor central: “A inspiração começa com os atores e eu queria dar a eles espaço para atuar. E em um filme com grande elenco, não temos muito tempo com cada uma das pessoas e toda cena precisa ter impacto”, explica.

Leia também: Recordes, ineditismos e mais curiosidades dos indicados ao Oscar 2018

Atores elogiam Greta

Laurie Metcalf, Saoirse Ronan e Timothée Chalamet falaram sobre a produção do filme e o relacionamento com Greta. 

Greta Gerwig dirigindo
Copyright Droits réservés
Greta Gerwig dirigindo "Lady Bird - A Hora de Voar"


Curiosa, Laurie diz que teve longas conversas com a diretora sobre suas experiências pessoais para que pudesse incorporá-las à personagem: “Greta estava à disposição para nossas perguntas sobre sua vida, especificamente, mas só até certo ponto. Porque não é ela que mostramos no filme”. O ator Timothée Chalamet falou sobre o prilégio de trabalhar com diretores que também atuam: "Há um certo privilégio e luxo em trabalhar com diretores que também atuam. Há uma certa tonalidade no que Greta queria, um realismo cômico, que serve primeiro ao realismo e depois à comédia. Nunca a vi fazer alguma coisa assim antes.", diz Chalamet. Saoirse Ronan também elogia Greta: "Greta tem um grande respeito por todos os aspectos do processo de filmagem. Ela é maravilhosa e nos incentivou a incorporar quem somos nas personagens".  

Leia também: Oscar chega aos 90 anos mais diverso e receptivo ao cinema de gênero

Assista ao vídeo completo



Sucesso de crítica nos Estados Unidos e indicado a cinco Oscars, "Lady Bird - A Hora de Voar" tem estreia marcada para 15 de fevereiro nos cinemas brasileiros.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.