Tamanho do texto

O ator norte-americano é o protagonista de "Bright", novo filme da Netflix e tomou conta do último dia da feira em São Paulo. Explicamos por quê

Se tem um motivo pelo qual a  edição de 2017 da Comic Con Experience , em São Paulo, marcou as milhares de pessoas que passaram pela Expo Imigrantes, com certeza foi a passagem avassaladora do ator Will Smith, que veio como um raio para marcar o domingo (10), último dia do evento. 

Leia também: Mesmo sem grandes novidades, CCXP segue sendo referência na cultura pop

Will Smith tomou conta da CCXP 2017 no domingo (10) - último dia do evento
Daniel Deak / Galpão de Imagens
Will Smith tomou conta da CCXP 2017 no domingo (10) - último dia do evento


Will Smith veio ao Brasil junto ao ator Joel Edgerton e o diretor David Ayer para participar do painel da Netflix na CCXP sobre "Bright" , novo filme estrelado por eles e dirigido por Ayer (que havia se consagrado anteriormente pelo longa " Esquadrão Suicida "). O evento - que trouxe o pré-lançamento da produção e um bate-papo com os três - foi o mais concorrido dessa edição que, nas palavras do próprio diretor, é a maior no mundo, ultrapassando, até mesmo, a de San Diego, nos Estados Unidos.

Leia também: Confira as melhores imagens da CCXP 2017

Smith, por sua vez, arrancou gritos dos fãs alucinados, que se aglomeravam em torno do auditório Cinemark para tentar vê-lo, mesmo que fosse de longe. O que muitos não esperavam, por sua vez, é que o eterno protagonista de " Um Maluco no Pedaço " seria o verdadeiro rei desta edição da Comic Con e, para isso, listamos os cinco momentos que comprovaram isso:

1. Ele se vestiu de orc

Se teve um momento que o ator norte-americano surpreendeu todo mundo, com certeza foi ter usado uma máscara de orc para atravessar a multidão que o aguardava ansiosamente sem ser reconhecido. Cercado por seguranças, Will Smith foi andando normalmente pelo pavilhão do evento até chegar ao estande da Netflix. 



Para a surpresa dos fãs - que, claramente, já desconfiavam de que o orc deveria ser, na verdade, alguma celebridade de renome - Smith arrancou a máscara e foi ovacionado pela multidão que estava ao redor do local. Vale lembrar que o estande da Netflix contava com várias atrações, entre elas, o figurino original usado pelo ator e por Joel Edgerton durante as filmagens e, também, com parte do cenário representando uma elfa que aparecia nas gravações.

2. Will, Will, Will...

Will Smith foi ovacionado por uma verdadeira legião de fãs que aguardavam sua chegada à CCXP2017
Edu Lopes / Galpão de Imagens
Will Smith foi ovacionado por uma verdadeira legião de fãs que aguardavam sua chegada à CCXP2017


O sucesso de Smith no Brasil é inegável. Com fãs de todas as idades, o ator costuma encantá-los ainda mais com a sua simpatia. Com um mar de gente aguardando para vê-lo passar, pelo menos, entre um estande e outro no pavilhão da CCXP, Smith mostrava estar curtindo demais a sua vinda ao país e adorando o coro que entoava "Will, Will, Will...". Cada vez que isso acontecia, o ator pulava freneticamente com os braços para cima, se sentindo o verdadeiro líder daquele grito de guerra.

Durante o painel, após a exibição do filme "Bright", o anúncio do nome de Smith quase trouxe o palco abaixo. Logo quando entrou no palco, arriscou falar em português que "estava muito feliz em estar aqui", levando a galera ao delírio. Ele chegou a afirmar estar surpreso com tanto carinho do público brasileiro e que, pelo jeito, precisaria comprar uma casa no Brasil.

3. Ele fez um beat box improvisado

Ainda empolgado com sua recepção durante o painel da Netflix, e ressaltando o quanto estava feliz em estar no país, Will Smith levou o pessoal à loucura ao arriscar um beat box e fazer todo mundo que estava no teatro entrar no clima de um rap improvisado."Quando eu falar 'Bra', vocês falam 'sil'', pediu - e o pessoal obedeceu imeadiatamente. 


Orgulhoso, o ator também afirmou que por causa daquele carinho e da euforia do público que ele fazia filmes e continuava com seu trabalho. Sorte a nossa que adora como o ator leva alegria por onde passa, não é mesmo?

4. Ele cantou a música de "Um Maluco no Pedaço" 

É praticamente impossível encontrar entre os mais jovens alguém que não tenha acompanhado o seriado "Um Maluco no Pedaço" durante a adolescência. A série, que foi exibida no Brasil a partir de 2000, foi gravada nos anos 90, foi estrelada por Will Smith que, a partir de então, voou rumo ao estrelado. 

Uma das coisas mais memoráveis da série era o seu tema de abertura. A música Fresh Prince of Belair  , interpretada pelo próprio Smith, virou um hit que, mesmo em um inglês meio errado, grudava na cabeça de todos os expectadores. E é claro que o ator não poderia passar pelo Brasil sem dar uma palhinha da música. 



Durante a entrevista no painel que participava, o ator relembrou o hit e começou as rimas - acompanhado pelo público que sacava os celular freneticamente para registrar o momento. A pedido da entrevistadora, Will Smith retomou a música, dessa vez em pé, e cantou mais um trechinho da canção acompanhado pelo público que delirava com o momento. 

5. Ele se preocupa com suas mensagens

Questionado sobre a mensagem que "Bright" levaria ao público, Smith afirmou que acha interessante o fato do filme conseguir falar sobre racismo e todas as formas de preconceito de uma forma simples e sem arrancar julgamentos dos expectadores. 

"Gosto de fazer filmes de ficção por causa disso. Gosto das coisas que posso falar quando você é um alienígena ou um orc. Você consegue falar o que quiser naquele mundo de efeitos especiais", disse o ator, que completou: "É como se fosse um remédio que você precisa tomar, mas ele está coberto de açúcar e você nem se liga no nível do remédio que você está tomando e na função daquilo no mundo".

Will Smith, Joe Edgerton e David Ayer no painel de ''Bright'' da Netflix na CCXP 2017
Daniel Deak / Galpão de Imagens
Will Smith, Joe Edgerton e David Ayer no painel de ''Bright'' da Netflix na CCXP 2017


"Bright"

O novo filme dirigido por David Ayer e estrelado por Will Smith e Joel Edgerton, " Bright" , traz uma mistura de ficção e ação policial e promete ser um grande sucesso de público no Netflix, gigante do streaming responsável pela nova produção. O longa está previsto para estreiar na plataforma no dia 22 de dezembro de 2017.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.