Tamanho do texto

O filme é um remake da obra literária de Jorge Amado e chega aos cinemas em novembro dirigido por Pedro Vasconcelos e estrelado por Juliana Paes

Uma das maiores obras do baiano Jorge Amado, “Dona Flor e Seus Dois Maridos”, ganhou novos ares na sétima arte com a mais recente obra de Pedro Vasconcelos , também diretor da última novela das 21h na Rede Globo, “A Força do Querer”. No novo longa, Juliana Paes interpreta a protagonista Florípedes, uma professora de culinária viúva que se vê desolada após a morte do seu marido, Vadinho (Marcelo Faria). Apesar da tristeza assolar sua vida, ela consegue encontrar um sentido na vida novamente depois que começa a se relacionar com Teodoro (Leandro Hassum), mas nem tudo com eles são flores.

Juliana Paes vive Dona Flor em remake da obra de Jorge Amado ao lado de Marcelo Faria e Leandro Hassum
Divulgação
Juliana Paes vive Dona Flor em remake da obra de Jorge Amado ao lado de Marcelo Faria e Leandro Hassum

Leia também: Juliana Paes faz ensaio sensual e aparecer de topless em capa de revista

O remake da história de Dona Flor   teve cenas rodadas no Pelourinho, em Salvador, capital baiana, e foi realizado com o apoio da família de Jorge Amado e do Governo da Bahia. O elenco conta ainda com Nívea Maria, Ana Paula Bouzas,Cassiano Carneiro, Fabio Lago e Duda Ribeiro. Apesar da obra ser a primeira adaptação da obra para a sétima arte de Pedro Vasconcelos, o diretor já teve um contato íntimo com a história no passado, já que foi o responsável também pela direção de uma montagem teatral da mesma obra em fevereiro de 2008 no Rio de Janeiro. 

Leia também: Por que as tramas de Jorge Amado fazem tanto sucesso na TV e no cinema?

Assista a uma cena do filme com exclusividade:


Leia também: 41ª Mostra de São Paulo divulga filmes finalistas do Troféu Bandeira Paulista

O filme “Dona Flor e Seus Dois Maridos” estreia na próxima quinta-feira (2) nos cinemas nordestinos e no dia 23 deste mês nos cinemas de São Paulo e Rio de Janeiro. A direção e o roteiro ficaram por conta de Pedro Vasconcelos e a produção é assinada também pelo diretor, além do ator Marcelo Faria e de Marcello Ludwig Maia.  

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.