Tamanho do texto

Nos 50 anos da Tropicália, ouça os dez discos mais icônicos do movimento

Há 50 anos surgia um dos principais movimentos musicais da história do Brasil: a Tropicália. O III Festival de Música Popular Brasileira, em 1967, viu Caetano Veloso , Gilberto Gil e Os Mutantes iniciarem uma etapa da música nacional que é celebrada até hoje.

Leia também: Rita Lee fala sobre estupro, drogas e sua carreira em autobiografia

Reprodução
"Tropicália ou Panis et Circensis" é um dos grandes discos da Tropicália

Em plena ditadura militar, os artistas enfretaram os preconceitos e a repressão para fazer um movimento trangressor. Veja na lista abaixo 10 álbuns essencias da Tropicália :

"Tropicália ou Panis et Circensis" – Vários artistas

Reunindo Caetano Veloso, Gal Costa, Gilberto Gil, Nara Leão, Os Mutantes e Tom Zé, o disco é um dos grandes momentos da Tropicália e a grande referência do movimento. Sob a batuta de Rogério Duprat, os artistas gravaram clássicos como  Panis et CircensisBabyHino ao Senhor do BonfimBat Macumba .

"A Divina Comédia ou Ando Meio Desligado" – Os Mutantes

O terceiro disco do trio paulistano formado por Arnaldo Baptista, Sérgio Dias e Rita Lee é considerado um dos maiores da história da música brasileira. O álbum traz as faixas  Ando Meio Desligado , Chão de EstrelasHey BoyDesculpe, Babe , entre outras.

"Caetano Veloso" – Caetano Veloso

O álbum de 1968 é o segundo da carreira de Caetano Veloso e um dos mais rico. Outra pedra fundamental da Tropicália, o disco traz músicas cantadas até hoje, como  TropicáliaAlegria, AlegriaSuperbacanaSoy Loco Por Ti, AméricaNo Dia em que Eu Vim-me Embora .

"A Banda Tropicalista do Duprat" – Rogério Duprat

Outro mestre do movimento, Rogério Duprat gravou "A Banda Tropicalista do Duprat" em 1968. O disco foi gravado pela Phillips, mas teve poucas cópias e hoje é uma raridade. Entre as músicas, estão  Canção para Inglês Ver , Cinderela RockfellaChega de SaudadeFlying .

"Gilberto Gil" – Gilberto Gil

Também em 1968, Gilberto Gil lançou seu segundo disco. O álbum é um dos melhores da carreira do cantor baiano e traz Os Mutantes e Torquato Neto. A grande estrela do disco é  Domingo no Parque , uma das músicas mais importantes do movimento. Também estão em "Gilberto Gil"  ProcissãoDomingouFrevo RasgadoMarginália II .

Leia também: 'Funk e sertanejo universitário são a nova Tropicália', diz Caetano Veloso

"Os Mutantes" – Os Mutantes

Antes de "Ando Meio Desligado", Os Mutantes lançaram seu álbum de estreia em 1968. O disco que elevou o trio de adolescentes ao estrelato é outra joia da música brasileira. A tracklist tem clássicos como  Panis et CircensisA Minha MeninaBabyAdeus Maria Fulô .

"Gal Costa" – Gal Costa

O álbum de estreia de Gal Costa saiu em 1969 e é considerado o disco que fechou a Tropicália. O trabalho tem participações de Caetano Veloso, Jorge Ben, Tom Zé, Erasmo e Roberto Carlos. Entre os destaques, estão  Divino, MaravilhosoSaudosismoSe Você PensaSebastiana.

"Ao Vivo" – Caetano Veloso e Os Mutantes

Caetano Veloso e Os Mutantes lançaram em 1968 o álbum "Ao Vivo", gravado na boate Sucata. No show, o cantor fazia vários discursos contra a ditadura e chgou a ser proibido pela polícia de se apresentar. O disco só tem quatro faixas:  A Voz do MortoBabySaudosismoMarcianita .

"Grande Liquidação" – Tom Zé

Tom Zé é um dos grandes nomes da Tropicália
Divulgação
Tom Zé é um dos grandes nomes da Tropicália

Também em 1968, Tom Zé lançou seu álbum de estreia, "Grande Liquidação". O disco foi o primeiro a gerar um buzz em torno do cantor baiano. As músicas mais destacadas são  São São PauloNamorinho de PortãoParque IndustrialProfissão de Ladrão .

Leia também: Nascidos no mesmo dia, Tom Zé e Lobão são antagonistas na arte e na política

"Gal" – Gal Costa

Se "Gal Costa" fechou a Tropicália, "Gal" mostra que a cantora ainda tinha muito para dar. O disco é considerado o mais experimental e psicodélico da carreira da baiana. Entre os destaques, estão  País Tropical ,  Meu Nome é Gal  e  Cultura e Civilização .


    Leia tudo sobre: músicas