Tamanho do texto

Violência sexual teria ocorrido duas vezes em 1972. Antes, portanto, do caso famoso, em 1977, pelo qual o franco polonês admitiu culpa nos EUA

Um dia depois do cineasta polonês Roman Polanski escrever uma carta aberta dizendo que é preciso superar o caso de estupro de Samantha Gainer, aspirante a atriz que tinha 13 anos quando foi drogada e estuprada pelo diretor em 1977, uma nova denúncia contra o diretor ganha a mídia. A atriz alemã Renate Langer afirmou em declaração oficial que o polonês a forçou a ter relações sexuais com ele quando ela tinha 15 anos.

Leia também: Polônia pode reabrir processo de extradição de Roman Polanski

O diretor está envolvido em polêmicas tanto nos filmes quanto na vida pessoal
Reprodução
O diretor está envolvido em polêmicas tanto nos filmes quanto na vida pessoal

O caso teria acontecido na casa de Polanski em Gstaad, na Suíça, em fevereiro de 1972, segundo informações do jornal “The New York Times”. Após um mês, Roman Polanski teria se desculpado e oferecido à atriz um papel no filme “Que?”.

Leia também: Famosos lamentam a morte do músico Tom Petty; veja homenagens

Renate Langer é a quarta mulher a acusar o diretor franco-polonês de estupro. Ela hoje tem 61 anos. Ela disse ter comentado o caso com um namorado anos depois, mas não contou para a própria família. Minha mãe teria um ataque cardíaco. Eu tinha vergonha, me sentia perdia e sozinha”. Renate teria sido estuprada novamente por Polanski em Roma após a conclusão das filmagens de “Que?”. Ela contou que se defendeu do cineasta ao jogar uma garrafa de vinho e outra de perfume nele. 

Isso tudo teria acontecido antes do caso de Gainer, pelo qual o cineasta se declarou culpado e chegou a cumprir 42 dias de sua pena antes de fugir dos EUA. País ao qual o cineasta não pisa desde então para evitar a detenção. Gainer já foi a juízo pedir a extinção do processo.

Leia também: Atriz acusa Roman Polanski de abuso

Polêmicas em profusão

Cineasta de grande talento, Roman Polanski teve toda a sua vida marcada por polêmicas. Seus pais foram mortos durante o nazismo e ele mesmo foi uma vítima da ascensão do pensamento proposto por Hitler. Vencedor do Oscar e contumaz presença em festivais de cinema mundo afora, Polanski sempre foi uma figura controvertida no trato com as mulheres e o fantasma do homem abusador que atormenta o artista é trazida mais uma vez à tona.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.