Tamanho do texto

Protagonista de “Mr. Robot” vai viver líder da banda Queen em cinebiografia. Projeto já teve outros atores atrelados, que acabaram desistindo

Finalmente vai sair do papel a cinebiografia de Freddie Mercury. O filme sobre o cantor e o Queen passou anos em pré-produção e chegou a gerar alguns conflitos. Sacha Baron Cohen foi confirmado como o protagonista, mas desavenças com os integrantes remanescentes do Queen fizeram com que o ator deixasse o projeto. Na época, Cohen afirmou que o resto não banda não queria contar toda a história de Freddie, deixando de fora acontecimentos polêmicos. Porém, Sacha não queria deixar esses momentos de fora e acabou entrando em conflito com o guitarrista Brian May. O inglês Ben Whishaw também foi cogitado para o papel, mas Rami Malek , protagonista da série “ Mr. Robot ”, acabou levando a melhor.

Leia também: Briga com o Queen fez Sacha Baron Cohen desistir de filme sobre Freddie Mercury

Divulgada a primeira imagem de Rami Malek como Freddie Mercury em
Divulgação/Entertainment Weekly
Divulgada a primeira imagem de Rami Malek como Freddie Mercury em "Bohemian Phapsody"

Com o ator principal definido, a produção conseguiu seguir em frente e o filme já tem data de lançamento planejada para 25 de dezembro de 2018. Com o título de “ Bohemian Rhapsody ”, o filme será dirigido por Bryan Singer , conhecido diretor da franquia “X-Men”. Agora, a revista americana Entertainment Weekly divulgou a primeira imagem de Malek como Freddie Mercury .

Leia também: 11 bafões protagonizados por famosos em edições passadas do Rock in Rio

 “Quando você consegue abrir os olhos e ver uma pessoa diferente te olhando de volta no espelho, é um momento muito afirmativo”, comenta Malek à publicação. Sobre a semelhança com o cantor, Malek afirmou que isso só aumenta sua confiança para interpretá-lo. O ator também comentou que estava no famosos estúdio Abbey Road, trabalhando nos vocais das canções. De acordo com ele, o longa utilizará tanto a sua voz quanto a de Mercury.

História

“Bohemina Rhapsody” vai retratar a vida de Freddie Mercury e do Queen desde 1970, quando o cantor conheceu Brian May e Roger Taylor e juntos formaram o Queen, até 1985, quando a banda apresentou um show histórico no “Live Aid”. Singer falou que não será um biografia tradicional, mas “uma história honrando a música”. O diretor afirmou que não será apenas um relato sombrio de Freddie Mercury , mas um filme “sobre colaboração e celebração”.

Leia também: Katy Perry faz homenagem a Freddie Mercury em vídeo