Tamanho do texto

Em texto postado no Twitter, cantor se assumiu bissexual: "Eu cresci nessa indústria do entretenimento desde muito jovem e quando tinha 13 anos comecei a achar garotas e garotos atraentes"

O cantor americano Aaron Carter usou o Twitter para assumir que é bissexual. Em um texto postado em sua conta na rede social nesse sábado (5), o irmão do ex-Backstreet Boys Nick Carter contou que teve sua primeira experiência com um homem aos 17 anos.

Leia também: Destaque no Lolla, Halsey desabafa: "Sempre perguntam se sou mesmo bissexual"

Aaron Carter, irmão do ex-Backstreet Boys Nick Carter, usou o Twitter para se assumir bissexual
Reprodução/GQ
Aaron Carter, irmão do ex-Backstreet Boys Nick Carter, usou o Twitter para se assumir bissexual

No texto, Aaron Carter , que hoje tem 29 anos, afirmou que se sente atraído por garotas e garotos desde os 13 anos. O músico começou sua carreira aos 10 anos, respaldado pelo sucesso do irmão com o Backstreet Boys. Sua primeira experiência homossexual foi com um rapaz que trabalhava com ele.

Leia também: Protagonista de "Matilda" se assume bissexual: "Aprendi uma coisa sobre mim"

O cantor deixou claro que isso não o envergonha. "A música vai ser sempre o meu templo. A música sempre vai transcender todos e a mim mesmo. O estúdio sempre vai ser meu porto seguro", escreveu.

Veja abaixo o tuíte e o texto:

"Para começar, queria dizer que eu amo cada um dos meus fãs. Tem algo que eu queria dizer que sinto ser importante para mim e minha identidade que está guardado em meu peito por quase metade da minha vida.

Isso não me envergonha, só é um peso e um fardo que eu carreguei por muito tempo e que eu quero tirar de mim agora. Eu cresci nessa indústria do entretenimento desde muito jovem e quando tinha 13 anos comecei a achar garotas e garotos atraentes. Eu pensei nisso por anos, mas foi só aos 17 anos, depois de alguns relacionamentos com garotas, que tive uma experiência com um homem com quem eu trabalhava e cresci.

Para mim, a música sempre foi um templo. A música vai ser sempre o meu templo. A música sempre vai transcender todos e a mim mesmo. O estúdio sempre vai ser meu porto seguro. Mas meu maior objetivo é estar satisfeito. Eu nunca quero gerar desapontamentos.

A melhor frase para resumir: 'Eu nunca senti que eu não pertencia, eu só agi como se eu pertencesse" - Boy George."

Leia também: Ronaldo Ésper vira evangélico e diz não ser mais homossexual

Aaron Carter lançou neste ano seu mais recente trabalho, o EP "LøVë". Seu último álbum de estúdio foi "Another Earthquake", de 2002, mas em 2014 ele saiu em uma turnê mundial com a Aaron Carter's Wonderful World Tour.

    Leia tudo sobre: músicas