Tamanho do texto

No projeto, os participantes do festival poderão vivenciar a erva - que é liberada na Califórnia, mas banida no Coachella - de diferentes maneiras

Mais uma edição do festival de música Coachella já está chegando em Indio, Califórnia. O evento, que acontece entre os dias 14 e 23 de abril deste ano, é reconhecido pelo seu ambiente de paz, amor, coroas de flores e abraços grátis. Entretanto, apesar do universo hippie estar à toda potência no festival – ainda mais em um estado como a Califórnia, que é bastante progressista –, o porte de maconha ainda é proibido. Por isso, uma empresa resolveu criar um oásis para os frequentadores usarem a erva fora do festival.

Leia também: Coachella 2017 terá shows de Kendrick Lamar e Radiohead

O oásis do Coachella ficará há cerca de 9,5 km do festival de música na Califórnia
Reprodução/TMZ
O oásis do Coachella ficará há cerca de 9,5 km do festival de música na Califórnia

A 9,5 km do local do festival Coachella , o Weedmaps e Talent Resources estão organizando um espaço para os participantes VIPs do evento aproveitarem o melhor da erva da região. O local terá duas casas de cultivo, uma estufa e cinco cúpulas geodésicas, cada uma oferecendo uma experiência diferente com a maconha. Tudo será oferecido pela GenX, Brass Knuckle e West Coast Cure. Segundo o TMZ , o uso da erva será gratuito.

Leia também: Dono do Coachella é acusado de financiar grupos de extrema-direita

Além disso, funcionários estarão presente no local para fazer recomendações sobre o uso da droga. Atualmente, no estado da Califórnia, o porte de maconha é legalizado, mas a organização proíbe que os frequentadores entrem com a droga.

Leia também: Veja 15 famosos que apoiam abertamente legalização da maconha

Coachella 2017

O festival volta para mais uma edição trazendo grandes nomes da música. No line-up, artistas consagrados como Kendrick Lamar e os roqueiros do Radiohead serão os headliners. Lady Gaga foi escalada para encerrar uma das noites do evento após Beyoncé, que inicialmente tocaria no festival, abrir mão do show por causa da gravidez. 

Além disso, outros nomes que apareceram por aqui no Brasil durante o festival Lollapalooza 2017 entram na programação da edição estadunidense, como Two Door Cinema Club, The xx, Martin Garrix e Tove Lo.

O Coachella acontece anualmente desde 2001 e já recebeu nomes como Amy Winehouse, The Cure, Manu Chao, Morrissey, Franz Ferdinand e outros artistas reconhecidos mundialmente.