Tamanho do texto

O fim de "Game Of Thrones" está próximo. Com a oitava temporada encerrando a série em 2018, muito se especula sobre o seu destino

Recordista do Emmy Awards, “Game Of Thrones” é sem dúvida uma sensação da televisão . Entrando no seu sétimo ano em 2017 – todavia de maneira tardia, já que seus episódios só virão ao ar em junho, diferentemente das temporadas anteriores – os fãs já começam a especular qual será o destino da série , que encerra em 2018. De spin-offs a respeito de personagens pouco falados, muito já foi abordado pelos produtores da HBO a respeito desse destino incerto, mas até agora nada foi confirmado. Entretanto, uma nova especulação começa a surgir para dar continuidade à essa grande produção: uma prequela sobre o início de Westeros.

Game Of Thrones acaba na sua oitava temporada, mas há muitas especulações de que mais produções sobre a série virão depois
Reprodução
Game Of Thrones acaba na sua oitava temporada, mas há muitas especulações de que mais produções sobre a série virão depois


Leia mais:  Atores preparam fãs para eventos tenebrosos no 7º ano de "Game of Thrones"

Segundo o diretor de programação da HBO, Casey Bloys, em entrevista concedida à EW afirmou que já tem pensado sobre o destino da série “ Game Of Thrones ”. “É uma propriedade tão grande que seria tolice não explorá-la, mas é um desafio”, afirmou o diretor. “Vamos tentar algumas coisas com isso. Eu não vou fazer para simplesmente fazer isso. Tem que ser algo especial. Eu preferiria não ter uma sequência e deixar como está do que ter algo que apressado”, completou.

Leia mais:  "Westworld" aposta na ficção científica para ser a nova "Game of Thrones"

Além disso, Bloys afirmou que uma prequela poderia ser melhor que uma spin-off que usa personagens já existentes. “Uma prequela tem muito menos pressão que uma spin-off. A história te dá áreas que você pode dizer para um autor ‘se você for fazer isso, então corte para fora’ e então veremos o que voltará”, revelou o diretor. “Mas eu não sinto nenhuma pressão para que tenhamos que fazer alguma coisa”, confessou Casey Bloys.

O futuro da série

Sobre a oitava temporada, o diretor de programação do canal deixou claro que David Benioff e Dan Weiss, os diretores da série “estão ainda descobrindo o formato da temporada, o que eles realmente querem fazer. Eu vou pegar o que eles quiserem fazer. Se eles me derem oito episódios, eu vou querer dez. Mas realmente é com eles. Eles me avisarão”, revelou.

Leia mais:  Imagens vazadas mostram novidades da próxima temporada de "Game of Thrones"

Em entrevista recente à TVLine, Casey Bloys ainda comentou que o que falta para que a série seja renovada, já que teoricamente ela ainda não foi, é apontar quantos episódios a última temporada terá. "Eles estão tentando descobrir para ter uma ideia do formato da temporada. Eles sempre fazem o que acreditam que vai render a melhor versão da série; é tudo sobre com quantos episódios eles vão ficar confortáveis. Mas eu sempre aceito mais”, brincou o empresário.

Agora, “Game Of Thrones” acabou tendo a sua estreia atrasada por conta das gravações que precisavam de um cenário mais frio, em que o inverno deixasse bem claro que tinha chegado. Durante as gravações, que tomaram conta da Europa, em especial da Espanha e da Croácia, alguns spoilers sobre o que está por vir neste sétimo ano foram descobertos, como o encontro de Jon Snow e Daenerys.

O sucesso de “Game Of Thrones” já rendeu à série 38 prêmios no Emmy Awards e indicações ao Globo de Ouro 2017 com Melhor Série de drama e Melhor atriz coadjuvante pela atuação de Lena Headey como a rainha Cersei Lannister na série.

    Leia tudo sobre: Game Of Thrones
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas