Tamanho do texto

Escritor americano sofria de câncer no sangue. Em 1971, William Blatty escreveu o livro "O Exorcista", que se tornou um clássico do terror no cinema

O escritor norte-americano William Blatty, autor do livro "O Exorcista" -  que deu origem a um dos maiores clássicos do cinema de terror - morreu na última quinta-feira (12), aos 89 anos de idade, mas a informação só foi divulgada na sexta (13).  Ele sofria de câncer no sangue.

Leia maisO que podemos esperar da versão de "O Exorcista" para a televisão?

O autor William Blatty tinha 89 anos
Reprodução/Youtube
O autor William Blatty tinha 89 anos


"O Exorcista ", seu romance mais famoso, foi publicado em 1971 e conta a história de uma menina de 12 anos possuída pelo demônio. A obra alcançou a marca de mais de 13 milhões de exemplares vendidos. A versão cinematográfica, estrelada por Linda Blair , também foi bem sucedida e rendeu a Blatty o Oscar de melhor roteiro adaptado em 1973.

Leia mais:  Alfonso Herrera vira padre no primeiro trailer da série "O Exorcista"

Trajetória

Nascido em Nova York e filho de uma família de imigrantes libaneses, o escritor já tinha uma carreira sólida em Hollywood como autor cômico, mas o sucesso de "O Exorcista" o levou ao estrelato. "Ninguém mais quer que se escreva coisas que fazem rir", lamentou certa vez, já famoso como pioneiro do gênero de terror teológico no cinema.

Leia mais:  Médico proíbe diretor de "O Exorcista" de ir à Mostra de Cinema de São Paulo

Reprodução
"O Exorcista" é um dos maiores clássicos de terror de todos os tempos

Durante sua vida, contou que a inspiração para escrever o livro viera da morte de sua mãe, em 1967, que reacendera a chama do catolicismo que havia aprendido na infância. Três anos atrás, escreveu ao papa Francisco pedindo para o Pontífice expulsar a Universidade Georgetown, de Washington, onde havia estudado, por conta de suas posições "pró-aborto".
A instituição não é administrada pela Santa Sé, mas é filiada à Igreja Católica Apostólica Romana e à Companhia de Jesus, por onde passaram tanto Blatty quanto Jorge Bergoglio.

No ano passado, "O Exorcista" ganhou uma versão para a TV em formato de série , ganhando novos contornos - o caso que cai na responsabilidade do Padre Tomas Ortega, vivido por Alfonso Herrera ("Sense 8"), não é tratado com exclusividade, por exemplo. O personagem procura a ajuda do Padre Marcus Keane ( Ben Daniels , de "House of Cards"), que deixa claro para Ortega que ele não sabe no que está se metendo – isso porque o próprio já é veterano nesses tipos de casos.